Duas aberturas de Crédito Adicional Especial ao Orçamento de 2014 passaram pelo Plenário da Câmara Municipal nesta quarta-feira (10). Uma delas, no valor de R$ 4,7 milhões, provocou discussões entre os vereadores. O líder do prefeito, vereador Edcarlo dos Santos Carneiro – Kaká Se Liga (PSL), explicou que o dinheiro é referente à diferença do ativo com o passivo financeiro do exercício anterior.

De acordo com a assessora de Orçamento municipal, Luciana Campos, está previsto que do total, R$ 3,2 milhões serão investidos no viaduto da avenida Claricinda Resende, bem como em iluminação pública, através da Secretaria de Infraestrutura. Os outros R$ 520 mil serão utilizados pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), em projeto voltado para menores em situação de risco e vulnerabilidade social.

O vereador Paulo César Soares – China (SD) disse ter ficado feliz com a notícia, mas cobrou do prefeito Paulo Piau a construção de outro viaduto, que vai ligar a avenida Padre Eddie Bernardes a avenida Orlando Rodrigues da Silva. Ele lembrou que é uma promessa de campanha do chefe do Executivo, e afirmou que “quem promete tem que cumprir”.

Os vereadores Luiz Dutra (SD) e Edmilson de Paula (PRTB) afirmaram terem certeza de que o prefeito vai cumprir a promessa. "As coisas não podem ser feitas de uma vez, têm que ser feitas devagar", disse Edmilson. Já Marcelo Machado Borges – Borjão (DEM) afirmou não entender como um valor tão alto ficou sem ser utilizado, enquanto a Prefeitura alega não ter dinheiro.

O vereador Afrânio Cardoso de Lara Resende (PROS) lembrou que há alguns meses aprovaram um aditivo para o mesmo viaduto da avenida Claricinda. Ele pediu informações, através do líder Kaká, sobre qual foi a destinação deste dinheiro, uma vez que a obra está parada.

Na sequência Kaká explicou que o projeto da Seds tem prazo para vencer e se não fosse aprovado o município poderia perdê-lo. Samir Cecílio (SD) então questionou o que já se tornou comum, que é misturar assuntos de secretarias diferentes. Ele defendeu que os mesmos sejam encaminhados em projetos diferentes, "para um não atrapalhar o outro", como o ocorrido nesta quarta-feira. Ele pediu que o Projeto de Lei fosse retirado e retornasse para votação na próxima segunda.

João Gilberto Ripposati também afirmou que não podem misturar uma necessidade da Seds, que é uma prioridade, com outro assunto. Ele também solicitou o adiamento da votação.

O líder do prefeito pediu a compreensão dos vereadores para aprovar o projeto, uma vez que adiando a votação a Seds poderia perder a verba. Kaká comprometeu-se a apresentar na reunião de segunda-feira uma planilha detalhando em quais obras do viaduto da av. Claricinda, as verbas foram aplicadas. Diante do argumento do Líder do Governo, o Plenário aprovou o projeto de Lei.

 

Outro – O segundo Projeto, analisado e aprovado, autorizou a abertura de Crédito Adicional Especial no valor de R$ 168, mil. O dinheiro será utilizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Seds), no transporte escolar rural, Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis) e na construção e edificação de construções públicas.


Departamento de Comunicação

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020