Adiada votação do projeto dos Mototaxistas

Dutra defende mais segurança para usuários do serviço e profissionais da categoria

Indiferente de questões particulares e empresariais da categoria de mototaxistas, a Câmara Municipal de Uberaba, se posiciona pela segurança pública, no tocante ao projeto de Lei que regulamenta a categoria dos mototaxistas, motoboy e motofrete. Para buscar adequações que contemple a categoria e os usuários, os vereadores optaram por adiar a votação, acatando pedido de vista dos vereadores João Gilberto Ripposati e Carlos Alberto de Godoy.
Durante a apreciação da matéria, o primeiro secretário, Luiz Humberto Dutra, explicou que o plenário também deveria analisar cinco emendas que estavam acostadas ao projeto. Estavam presentes para acompanhar a votação, vários mototaxistas e dois representantes da categoria, Antônio Rezende da Silva e Sérgio Antônio Silva.
Discussão – A primeira emenda, de autoria de Dutra, trouxe dois artigos. O primeiro define que os capacetes dos mototaxistas, na cor amarela, deveriam conter a identificação da placa na cor preta, enquanto para os motoboys e motofretes precisariam apenas do acessório da mesma cor. Já o segundo artigo, aumenta o número de preposto de um para dois, o que permitiriam que a moto trabalhasse em turno de 24h. A primeira parte da emenda foi aprovada, sendo matéria vencida conforme explicou Dutra. No entanto, o debate da segunda parte não prosseguiu visto que alguns mototaxistas não aceitavam o fato. Mediante o impasse, já que em um universo de mais de mil profissionais, apenas 40 acompanhavam a votação, Ripposati e Godoy, solicitaram o pedido de vista e a convocação de uma reunião pública para acertar com a categoria detalhes do projeto. O vereador líder, Cléber Cabeludo, concordou com o pedido, acabando com a discussão.
Segurança – Para Dutra, o mais importante é a questão da segurança pública. Segundo ele, infelizmente, uma grande parte de crimes são cometidos por meliantes utilizando motocicletas. “Temos que pensar em todas as possibilidades. Infelizmente, assim como em outras categorias, pode ter alguém que use o trabalho para cometer delitos. Com certeza a maioria é formada por gente honesta, trabalhadora e luta para sobreviver e, em nome destes e dos usuários é que faço defesa em prol da segurança. Além do mais, em caso de roubo e extravio do capacete, basta lavrar imediatamente o boletim de ocorrência. No mais, é assunto vencido visto que a primeira parte da emenda foi aprovada. Temos que pensar na maioria”, finalizou.
Cléber, que também tem trabalhado pela categoria, destacou a importância do debate. “Estive trabalhando para que este projeto chegasse para votação. Mas entendo que opiniões contraditórias poderiam surgir. Além do mais, o debate amplo é salutar para que cheguemos a um consenso. Sei que não vamos agradar a todos, mas buscaremos atender a maioria da categoria e, principalmente, o usuário. Por isso, tudo que for possível discutir, seja sobre segurança ou não, estaremos fazendo”, disse.

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020