Facilitar a guarda e a consulta de informações dos pacientes do SUS é o objetivo do primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara, Alan Carlos da Silva (PEN), com apresentação de requerimento no Legislativo endereçado ao Executivo.

O vereador solicita à Administração Municipal realizar a unificação do programa de prontuário médico eletrônico da Prefeitura Municipal e do Ministério da Saúde (Prontuário Eletrônico do Cidadão – PEC) – SUS.

Alan esclareceu que o prontuário médico eletrônico é definido como um sistema de prontuário médico padronizado e digital. “Ele é um meio virtual, um repositório onde todas as informações de saúde, clínicas e administrativas, ao longo da vida de um indivíduo, estão armazenadas. Muitos benefícios podem ser obtidos com este formato de armazenamento”, disse.

De acordo com o parlamentar, no município existe a utilização de dois prontuários: o desenvolvido pelas equipes técnicas da Secretaria Municipal de Saúde e Companhia de Desenvolvimento de Informática de Uberaba (Codiub) e o do Ministério da Saúde (SUS), denominado Prontuário Eletrônico do Cidadão – PEC, o qual é obrigatório. “Tal situação tem gerado muitos transtornos aos médicos, tendo em vista a demora para preencher os dois prontuários, ambos obrigatórios. A unificação visa dar eficiência ao preenchimento e poupar tempo aos médicos, que poderão utilizá-lo para realizar mais atendimentos, sem desperdiçar tempo preenchendo formulários repetitivos”, justificou.

 

Karla Ramos

Dep. Comunicação

16/08/2017

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020