Mesmo tendo sido um dos principais colégios eleitorais de Romeu Zema Uberaba ficou de fora da lista de cidades contempladas

A ausência de Uberaba em lista de cidades mineiras que serão contempladas com obras prioritárias, divulgada pelo Governo do Estado no início da semana, gerou insatisfação dos vereadores da Câmara Municipal de Uberaba.  Em sessão plenária realizada ontem (17), o vereador Almir Silva (PL), visivelmente incomodado, lamentou a situação e pediu o apoio do deputado estadual, delegado Heli Andrade (PSL).

Durante a fala, Almir citou a falta de atenção com a MG-427 que dá acesso à Conceição das Alagoas. “A rodovia se encontra em estado de calamidade. Inclusive, a obra foi paralisada no governo do Anastasia, e seu sucessor não deu andamento a obra. Tem muita gente morrendo naquele local. Acho que a vaidade não pode prevalecer na vida pública. Mas, sim, a coletividade e a comunidade”, criticou.

O vereador e presidente da Câmara, Ismar Marão (PSD), se disse espantado com as declarações de Almir e criticou o fato de Uberaba ter ficado fora da lista. “Com a votação que o governador [Romeu] Zema teve no município de Uberaba, mais uma vez, ele falta com o respeito com a cidade”, afirmou.

Almir relembrou, também, encontro com secretário de governo, Bilac Pinto, em reunião fechada durante visita do representante a Uberaba. “Fiquei estarrecido. Disse, pessoalmente, que me causava estranheza ele ter vindo aqui depois de nove meses e não anunciar nada para Uberaba. Inclusive, os repasses do Hospital Regional”, comentou o peelista propondo, em seguida, que a Câmara juntamente com a prefeitura monte força tarefa para reverter a situação.

 

Ações

No início da semana, o governo do Estado anunciou catálogo com 65 obras prioritárias para Minas Gerais. A lista apresenta projetos na área de Infraestrutura, Saúde, Educação e Segurança Pública visando a orientar os deputados na destinação de recursos por meio de emendas parlamentares. Para a região do Triângulo Mineiro constam sete obras previstas, porém, nenhuma para Uberaba. Dentre elas, está a construção de presídio feminino com 407 vagas em Uberlândia com investimento de, aproximadamente, R$ 24 milhões.  Os demais projetos referem-se a conclusão de obras em rodovias que estão paradas.

 

Jair Neto

Estagiário do Departamento de Comunicação da CMU – 18/10/2019

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020