O vereador Cleomar Marcos de Oliveira, o Barbeirinho, está inconformado com as queixas históricas contra os serviços de telecomunicações e bancários, e também contra a Cemig, registradas  no Procon e, por isso, vai solicitar uma audiência pública na Câmara Municipal para tratar do assunto e apontar soluções. Ele esteve na sede da Fundação Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Uberaba), quando se reuniu com o presidente, advogado Marcelo Venturoso.
Durante a visita, o parlamentar questionou sobre os principais problemas enfrentados pelos consumidores uberabenses, bem como quais são as empresas que menos se dispõem a resolver as situações apresentadas. Venturoso  informou que o maior número de demandas está relacionado aos serviços de telecomunicações e os serviços bancários, e que uma das empresas que menos tem apresentado solução para as reclamações é a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).
Barbeirinho, acompanhado de sua assessora jurídica, advogada Keila Silva, também falou com Venturoso sobre as reformas realizadas na sede própria do Procon e sobre a casa recentemente adquirida para ampliação das instalações para garantir conforto aos consumidores. O presidente disse que a reforma já foi finalizada e que está apenas aguardando a instalação da parte de equipamentos de internet para efetivar a mudança. Como presidente  da Comissão de Obras da CMU, Barbeirinho assegurou que acompanhará de perto todo esse processo.  Neste domingo (15/03) comemorou-se o Dia Internacional do Consumidor.

Assessora Rose Dutra

 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020