O vereador Cleomar Marcos de Oliveira (Cleomar Barbeirinho), do PHS, apresentou no Plenário da Câmara Municipal a sua preocupação com referência à empresa Skala, desativada há anos no bairro Parque das Gameleiras, que tem servido de abrigo para criminosos, além de ser um espaço com acúmulo de lixo, animais peçonhentos oriundos do abando do prédio, e quando chove serve de criadouro para proliferação do mosquito Aedes aegypti transmissor de doenças como dengue, Chikungunya, zika vírus e da febre amarela urbana.

 Ao receber denúncias e reclamações em seu gabinete a respeito do imóvel, que também foi objeto de matéria publicada na imprensa, o vereador, para embasar o seu requerimento, buscou informações como o nome do proprietário, e dados como endereço, e  deparou com algumas inconformidades que são inadmissíveis como a pessoa que zela do imóvel não saber quem é o dono e dizer que tem ajuda da PMU para a limpeza, e uma dívida que se aproxima de R$ 250 mil de tributos municipais sem que se tenha informações de notificações e/ou outras providências. 

O parlamentar quer que o Executivo determine ao setor competente para notificar o proprietário para  providências em relação ao imóvel que abrigava a fábrica desativada, localizada entre as ruas Benevenuto Inácio de Souza, Antônio Damiane e Manoel Pinto de Almeida, no bairro Parque das Gameleiras, no que se refere a limpeza do prédio (interna e externa), manutenção, prevenção de proliferação de animais peçonhentos e mosquito Aedes aegypti e, principalmente, em relação à segurança do local, que necessita de reforço urgente. Barbeirinho explica que as medidas se  justificam pelo fato de ser uma demanda antiga do bairro, e,  principalmente, para pôr fim ao sofrimento dos moradores vizinhos da área, que enfrentam problemas frequentemente essencialmente quanto à segurança do imóvel, porque ele pode facilitar a ocorrência de furtos e roubos em residências do entorno.

 

Jorn. Rose Dutra

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020