O vereador Marcelo Machado Borges – Borjão (DEM) iniciou a sessão desta segunda-feira (15), destinada à apresentação de Requerimentos e Indicações no plenário, para cobrar do Executivo, novamente, o pagamento dos plantões realizados, em novembro e dezembro de 2013 e janeiro de 2014, por enfermeiros, farmacêuticos e outros profissionais da rede municipal de Saúde. "É uma vergonha a falta de compromisso da administração municipal com esses profissionais. Estou sendo cobrado pela classe. Se a pessoa trabalhou, ela tem o direito de receber. O governo não está cumprindo com sua responsabilidade".

No mês passado, o vereador esteve reunido com representantes das Secretarias de Administração e Saúde, quando ficou firmado compromisso de pagamento para aqueles que entraram com processo administrativo neste mês de setembro. O que não aconteceu, segundo Borjão. A assessoria de imprensa do parlamentar acrescentou que são cerca de 30 enfermeiros e aproximadamente 25 farmacêuticos que procuraram pelo vereador.

Borjão acrescentou ainda que nesta terça (16) será realizada uma assembleia, às 18 horas, para se discutir a questão do pagamento de produtividade dos assistentes sociais. "Estamos apelando ao governo para que sejam quitadas essas dívidas com os trabalhadores. Espero que o prefeito tenha consciência e acerte com todos esses servidores".

 

Água – O democrata também demonstrou preocupação com problemas relacionados à escassez de água na cidade. De acordo com Borjão, já tem bairro em Uberaba que está sofrendo com a falta do produto.

Relatando sua experiência, o vereador Edmilson de Paula (PRTB) disse ter ficado sem água em casa nesse último final de semana, tendo que recorrer aos vizinhos para o banho de sua filha portadora de necessidades especiais. "Não posso ficar sem água na minha casa, porque entre os cuidados dispensados à ela, diariamente, está o banho duas vezes ao dia".

"O problema com o racionamento existe há tempos e nenhum governante até o momento tomou providência, junto com o presidente do CODAU, para se evitar isso", disse Borjão.

Luiz Humberto Dutra (SD) ressaltou, depois do pronunciamento dos colegas, que é preciso fazer mais ações e menos críticas. "A partir do momento que Uberaba se desenvolve [citando que temos 8 mil casas em construção], aumenta também o número de moradias e, consequentemente, o consumo de água", frisou, acrescentando que o CODAU precisa estar preparado para se evitar racionamentos na cidade, no futuro, assim como "é preciso que todos tenhamos responsabilidade e seriedade no consumo". 


Departamento de Comunicação

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020