Projeto de Lei de autoria do vereador Elmar Goulart (PMN) declarou de utilidade pública a Residência Inclusiva Vovó Touca. O parlamentar destacou a importância do reconhecimento da iniciativa para com uma entidade que presta importantes serviços para a comunidade.  

As coordenadoras da instituição Thaís Cristina Alvarenga e Geysa Carvalho participaram da reunião, nesta segunda-feira (9), acompanhando a votação do projeto. Geysa explicou que existem duas unidades, sendo que a beneficiada com a utilidade pública atende pacientes com idades acima de 60 anos que apresentam algum tipo de deficiência, mental ou física.

A representante lembrou, ainda, que a Residência Inclusiva Vovó Touca é a única que atende este tipo de público. Ao todo são 20 pacientes internados na matriz, em regime de abrigo, no bairro Alexandre Campos. Já a segunda filial atende pacientes com idades acima dos 18 anos, e conta com mais 15 pessoas internadas.

Finalidades – Entre as finalidades da instituição está a de manter a Residência Inclusiva, prestando assistência às pessoas idosas e carentes, de ambos os sexos, sem distinção de raça ou religião, em regime de internato, sendo a matriz destinada exclusivamente a idosos acima de 60 anos de idade e que sejam portadores de qualquer deficiência mentais, física e/ou psicológicas; abrigar pacientes trazidos por seus familiares, ordem judicial, compulsoriamente e de idosos/pacientes, que, de forma espontânea solicitem a sua internação; acolher, preferencialmente, pessoas de Uberaba, atendendo as de outras localidades, quando houver vagas disponíveis.

 

 

Jorn. Hedi Lamar Marques

Departamento de Comunicação CMU
09/05/2016

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020