Representantes do Legislativo participaram da inauguração da Grande Adutora Diagonal, que vai beneficiar mais de 70 bairros na região Oeste do Município, melhorando o fornecimento de água para a população. A obra, orçada em cerca de R$ 6,1 milhões, executada pelo Centro Operacional de Desenvolvimento e Saneamento de Uberaba (Codau). 

O presidente da Câmara, vereador Luiz Dutra (PMDB), participou da solenidade, assim como os vereadores Franco Cartafina (PRB), João Gilberto Ripposati (PSD) e Edcarlo dos Santos Carneiro “Kaká Se Liga” (PSL), juntamente com o prefeito Paulo Piau, o presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, vários secretários municipais e outras autoridades.

A inauguração foi oficializada com o descerramento de placa comemorativa, instalada na rotatória da Rua Antônio Rios, em frente à nova sede do Fórum Melo Vianna.

A primeira etapa do projeto interliga a Estação de Tratamento de Água, no Bairro Boa Vista, até o reservatório R6, no bairro Olinda, e deste até o R12, no bairro Ozanan. O presidente do Codau explicou que foram 45 dias de testes, antes da inauguração. “Nós estamos resolvendo o problema de uma região que historicamente sempre sofreu com a falta de água”, afirmo Luiz Neto. Ele explicou que o R6, que interliga os demais reservatórios, antes demorava 14 horas para encher completamente, tempo que agora foi reduzido para três horas e meia.

A segunda etapa das obras inicia nesta segunda-feira (5), ligando o R12 (bairro Ozanan), até a região das chácaras Mariitas. Ao todo a adutora conta com uma extensão de 14,5 quilômetros. Serão beneficiados os bairros Olinda, Hyléa, Residencial Palmeiras, Pontal, Universitário, Vila Barcelona, Recanto das Torres, Vilagio Del Fiori, Umuarama, Parque das Américas, Jardim Induberaba, Damha, Terra Nova, Recreio dos Bandeirantes, São Cristóvão, Vila Raquel, Parque São Geraldo, Estrela da Viória, Planalto, Volta Grande, Alfredo Freire I, II, III e IV, Jardim Morumbi, Beija Flor, Parque dos Girassóis I, II e III, Copacabana, Pacaembu I e II, Morada Du Park, Portal Beija Flor, Parque dos Girassóis I, II, III e IV, Jardim Espanha, Nova Era, Mariitas, Estância dos Ipês, Laranjeiras, e Jardim Marajó.

Luiz Neto também esclareceu que a maior parte do investimento foi realizada com recursos próprios do Codau e o restante utilizando recursos do PAC, via Caixa Econômica Federal. Segundo ele, a barragem da Prainha está em processo final de projeto e liberação de recursos pelo governo federal.

O presidente do Codau destacou que, ao todo, foram realizadas 44 obras para enfrentar a seca este ano, sendo que até agora não foi registrado nenhum caso de falta de água na cidade.

O prefeito Paulo Piau lembrou que a água foi o tema mais importante em discussão na última campanha eleitoral. “Nós até conseguimos viver alguns dias sem comida, mas ninguém consegue viver sem água”, disse o chefe do Executivo.

Piau parabenizou Luiz Neto pelo trabalho que te realizado, assim como a equipe do Codau. O prefeito ainda relembrou que a cidade está encaminhando para ter 100% do esgoto tratado, o que vai ajudar muito a preservar as águas do rio Uberaba. O descerramento da placa foi realizado com a benção do padre José Edilson da Silva.

Desenvolvimento e qualidade. Ao se pronunciar, o presidente Luiz Dutra afirmou que tem procurado trabalhar pelo desenvolvimento da cidade. Ele disse que tem acompanhado o trabalho do Codau, que vem atendendo às solicitações dos vereadores, procurando melhorar a qualidade do serviço oferecido à população.

“Sempre acreditei no trabalho do prefeito Paulo Piau”, afirmou Dutra, lembrando que o projeto Água Viva vai acabar com as enchentes no centro da cidade, assim como outras obras, que estão em andamento.

O presidente do Legislativo disse que é preciso conscientizar a população sobre a importância de economizar água. Hoje são consumidor, em média, 260 litros/dia por habitante.

O vereador Ripposati ressaltou que houve uma marcação forte do Legislativo, inclusive colocando previsões no orçamento municipal. Ele comentou que o Plano de Saneamento já foi aprovado na Casa, após um período de um ano e meio de discussões, com várias audiências públicas realizadas. Agora, lembrou ele, o projeto aguarda a liberação de recursos do governo federal para construir a represa, que vai possibilitar reservar a água da chuva, o que não acontece hoje.

Para o vereador Franco Cartafina, a cidade está se desenvolvendo, surgindo novos bairros, e o sistema de saneamento precisa chegar a estas famílias. “Esta obra é uma precaução do Codau, para evitar a falta de água”, afirmou. Franco também alertou para a importância de a população economizar e utilizar a água com racionalidade.

O vereador “Kaká Se Liga” comentou que a obra do Codau é um avanço na política pública da cidade. Ele disse que para quem mora nas regiões mais altas da cidade, a falta de água tem sido constante, levando em conta que o segundo semestre é uma época mais complicada, por causa da seca.

“É preciso planejar a cidade, pensando no futuro, nos próximos 20 anos”, defendeu “Kaká”.

 

Jorn. Hedi Lamar Marques
Departamento de Comunicação CMU
05/10/2015

 

 

 

 

 

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020