China quer a aplicação da Lei que cria a Biblioteca Ambulante
A leitura, segundo o site Brasil Escola, "é algo crucial para a aprendizagem do ser humano, pois é através dela que podemos enriquecer nosso vocabulário, obter conhecimento, dinamizar o raciocínio e a interpretação. E é a biblioteca, um meio para desenvolver esse hábito".
Dentro desse princípio, o vereador Paulo César Soares – China (SDD) solicitou ao prefeito Paulo Piau a execução da Lei nº 8.930/03, que institui o Programa Biblioteca Ambulante no município de Uberaba, que tem como objetivo fomentar a leitura.
China cumprimentou a iniciativa do projeto, cuja proposta foi de autoria do ex-vereador Gilberto Caixeta da Silva, que, através da Secretaria de Educação, irá levar cultura para os lugares que carecem de uma biblioteca. "É muito importante que a gente vá ao encontro da população e não exija das pessoas um deslocamento que muitas vezes é muito difícil", disse.
Segundo a legislação a biblioteca funcionará em um ônibus itinerante, parando nos locais e horários previamente divulgados, durante uma semana, dando prioridade às zonas rurais e aos bairros mais distantes e desfavorecidos. Os usuários contarão com professores e educadores capacitados para estimular o hábito da leitura e do raciocínio, bem como prestar esclarecimentos e ajuda no acesso aos títulos disponíveis.
O vereador ressaltou que quem vive em bairros e comunidades carentes de cultura sabe que o incentivo à leitura pode mudar a vida das pessoas. Ele lamentou o fato de a lei estar engavetada por 10 anos. "É uma pena ver uma lei tão importante como esta ficar esquecida pelas administrações passadas. Irei cobrar para que seja cumprida, pois leis são feitas para serem executadas", disse o parlamentar.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020