Cléber solicita intérprete de libras para acompanhar sessões do Legislativo
O vereador Cléber Cabeludo (PMDB), solicitou ao presidente do Legislativo, vereador Luiz Dutra (PDT), o retorno das intérpretes de libras para acompanharem as reuniões ordinárias do Legislativo. Segundo ele, os deficientes auditivos, que acompanhavam as sessões, seja do plenário ou através da TV Câmara, não tem mais esta oportunidade. O vereador Lourival dos Santos (PCdoB), que implantou esta iniciativa durante sua gestão à frente da Casa, afirmou que a Câmara pode contratar os profissionais, ao invés de firmar convênio, o que encarece a prestação de serviço.
O vereador João Gilberto Ripposati (PSDB), que apoia o pedido de Cléber, lembrou que a contratação pode ser feita através de Termo de Ajustamento de Conduta, junto ao Ministério Público, cabendo a Câmara realizar processo seletivo ou concurso público para preenchimento da vaga.
O vice-presidente Itamar Ribeiro de Rezende (DEM), afirmou estar de acordo com a reivindicação de Cléber, mas que a decisão final cabe à presidência da Casa. Quem também manifestou apoio ao pedido, foi o primeiro secretário da Mesa Diretora, vereador e professor Carlos Godoy (PTB). Para ele, as intérpretes de libra promovem a inclusão social e a ausência deste serviço na Casa, prejudica a disseminação da informação para os deficientes auditivos.
Outra reinvidicação de Cléber, diz respeito ao retorno nas pautas, do momento de homenagem póstumas. Ele concorda com a necessidade de critério, haja vista, excessos ocorridos no passado. “Mas basta que a Casa determine a quantidade. Acredito que pode ser uma por vereador. Se tiver critério, entendo que todos acatarão, mas é necessário o retorno deste momento, que é importante para os familiares da pessoa que faleceu. Inclusive, em alguns casos específicos, a homenagem ainda é feita, mas acredito que tem que ser para todos”, finalizou.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020