Foi aprovado na reunião desta quinta-feira (04) o Requerimento de autoria do vereador Luiz Dutra (SD), que solicita ao Conselho Nacional de Trânsito a elaboração de uma resolução exigindo que conste a quilometragem do veículo no ato da transferência ou na alteração do Documento Único de Trânsito – DUT, para evitar a adulteração do hodômetro.

Dutra disse que entre as "armadilhas" mais comuns no mercado está a diminuição da quilometragem para fazer com que o veículo pareça mais novo. O parlamentar acrescentou que é um truque difícil de ser detectado e que resiste às tecnologias desenvolvidas pelas montadoras. "Quem compra um carro adulterado, não está só pagando mais por um produto que vale menos. Está também correndo risco de acidentes por falhas mecânicas", afirmou.

Por se tratar de ato ilegal, o vereador alertou que quem vende carro com o hodômetro adulterado e quem altera a quilometragem comete crime contra o consumidor e pode ser preso.


Departamento de Comunicação

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020