Edmilson retorna ao Gameleiras III para verificar andamento de melhorias no bairro
Após sete meses de sua primeira visita ao bairro Gameleiras III, o vereador Edmilson de Paula (PRTB) retornou ao bairro no fim da semana para verificar as atuais condições do loteamento. No mês de março, quando Edmilson e sua equipe estiveram no bairro pela primeira vez, o Gameleiras III estava em completo abandono, com total falta de infraestrutura. Na época, o vereador encaminhou alguns requerimentos ao Executivo pedindo explicações, principalmente da Cohagra, pois o loteamento havia sido entregue há apenas alguns meses e estava sem condições de moradia. A quantidade de buracos e a falta de condições de tráfego de veículos nas vias do bairro eram alarmantes. 
"Eram tantos problemas. Faltava iluminação no bairro, principalmente na Rua H, paralela à rodovia, e o esgoto corria a céu aberto. Nosso questionamento encaminhado à Prefeitura solicitava explicações de como aquele loteamento pode ter sido entregue daquela forma, sem um mínimo de estrutura", disse Edmilson. 
No documento encaminhado ao Executivo, o vereador questionou o fato dos moradores terem sido transferidos para aquele local após terem tido suas casas desapropriadas, pois se encontravam em área de risco no bairro Vila Esperança 1. "Eu entendo que o local onde elas moravam estava oferecendo risco, mas para onde elas foram transferidas estava deplorável. Como representante do legislativo eu tinha a obrigação de cobrar explicações e dar uma satisfação pra essas pessoas", afirmou o vereador. 
Ainda no mês de março Edmilson voltou ao bairro, desta vez acompanhado do secretário de infraestrutura, Robertinho Indaiá, que na época exercia a função de superintende de limpeza urbana, o vice-prefeito Almir Silva e o diretor social da Cohagra, José Ferreira dos Santos "Ferreirinha", para mostrar aos representantes do Executivo a situação de calamidade em que se encontrava o bairro. 
Nesta oportunidade os membros do Executivo se comprometeram a dar uma solução aos problemas.  No mês de abril, a Prefeitura deu início aos trabalhos para melhorar a infraestrutura do bairro.  Foi iniciada a substituição das galerias de captação de água da chuva, pois as galerias do bairro não estavam suportando o volume de água e por isso o asfalto estava cedendo. 
Já no mês de maio, o vereador visitou o Gameleiras III novamente e verificou que estava sendo feita a recuperação do asfalto de algumas ruas do bairro, que estavam sem condições de tráfego. 
Em junho, a equipe do vereador retornou ao local e observou que duas novas ruas de chegada ao bairro tinham sido abertas e que algumas bocas de lobo também tinham sido tampadas. 
Além de cobrar do Executivo algumas melhorias para o bairro, o vereador Edmilson acionou o Ministério Público para que os responsáveis pelo loteamento fossem notificados, "pois a condição como o bairro foi entregue aos moradores, com total falta de infraestrutura, não poderia ter acontecido", ressaltou o vereador.
No mês de julho, Edmilson recebeu uma resposta do Ministério Público informando que o procedimento preparatório que havia sido instaurado para apurar as irregularidades do loteamento Gameleiras tinha sido encaminhado para a esfera federal, pois a Promotoria de Justiça da Comarca de Uberaba não tinha condições de investigar o caso, por se tratar de um empreendimento que recebeu verbas federais. 
Nesse mesmo mês, o vereador participou de um evento da Prefeitura onde foram entregues algumas casas da Cohagra no Gameleiras III e o vereador voltou a cobrar do Prefeito e de seus secretários algumas melhorias para o bairro. 
Naquele momento algumas melhoras já podiam ser notadas, mas muitas coisas ainda precisavam ser feitas. "Desde quando estivemos no bairro pela primeira vez e que encaminhamos um pedido de explicações à PMU, eu sempre deixei claro que entendia que o Prefeito Paulo Piau e o Presidente da Cohagra Wagner Júnior haviam assumido o mandato tinha pouco tempo e o bairro já estava nessa situação de calamidade. Mas toda família merece ter uma moradia digna e com uma infraestrutura adequada, e aquelas pessoas não mereciam morar em um lugar com tantos problemas como aquele", afirmou o vereador.
 
No mês passado, Edmilson esteve no bairro mais uma vez e verificou que a  Construtora Nóbrega Pimenta, responsável pela infraestrutura do loteamento estava trabalhando no bairro e concluindo algumas melhorias no bairro.
 Na última sexta-feira, dia 11, os problemas de infraestrutura do Gameleiras III começaram a caminhar para o fim. Edmilson retornou ao bairro, acompanhado do secretário de infraestrutura, Robertinho Indaiá, e do diretor social da Cohagra, José Ferreira dos Santos , o Ferreirinha. "Sei que muitas melhorias já foram feitas aqui no bairro, mas ainda faltam algumas coisas, principalmente o transporte coletivo, que não passa aqui dentro do bairro e os moradores precisam andar muito para pegar um ônibus. Outro problema grave é com relação à falta do muro de arrimo nas casas. O Ferrerinha nos disse que a Prefeitura está estudando uma forma legal de auxiliar os moradores das casas mais prejudicadas pela falta do muro, pois o muro de arrimo não foi previsto no projeto da construção das casas e por isso as casas do bairro não receberam essa benfeitoria", disse Edmilson.
A empresa Nóbrega Pimenta concluiu a implantação das redes pluviais e fez a drenagem da água para acabar com as minas d’água que brotavam nas casas e nas áreas públicas do bairro. Algumas ruas foram totalmente recapeadas e outras menos prejudicadas receberam a operação tapa-buracos. As bocas de lobo foram tampadas e a empresa Nóbrega Pimenta está refazendo o meio-fio de todas as ruas do bairro. 
Duas entradas do bairro que antes eram de terra, agora estão asfaltadas. Um problema que havia sido resolvido anteriormente, mas que voltou a perturbar os moradores é o esgoto do bairro correndo a céu aberto. "O secretário Roberto Indaiá nos garantiu que o problema do esgoto será resolvido em breve e não atormentará mais os moradores", afirmou o vereador.   
Edmilson destaca que irá acompanhar as melhorias que estão sendo feitas no bairro e que sua equipe jurídica está acompanhando o processo encaminhado ao MP federal para que os responsáveis pelo loteamento sejam notificados.
Assessoria de Comunicação  do Vereador Edmilson de Paula

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020