Edmilson reúne pais de alunos da Escola Municipal Geni Chaves para debater problemas com o prefeito Paulo Piau
O vereador Edmilson de Paula reuniu pais de alunos da Escola Municipal Professora Geni Chaves, na noite de ontem (8), para que os problemas estruturais e de segurança da unidade de ensino pudessem ser debatidos. A reunião contou com a participação do prefeito Paulo Piau, da diretora da Escola Municipal Professora Geni Chaves, Solange Aparecida de Oliveira, do vice, Rômulo Araújo Romão, do diretor do departamento de planejamento, gestão e finanças da Secretaria de Educação, Ruy Martins Magalhães, e o engenheiro da secretaria, Carlos Roberto Mangussi.
Durante a reunião vários pais de alunos ressaltaram a preocupação com a segurança dos alunos, pois desde que algumas turmas foram transferidas para o Cemea Abadia, a preocupação com a segurança dos alunos aumentou, pois o fluxo de veículos na Avenida Orlando Rodrigues da Cunha é intenso e também nas imediações, principalmente nos horários de entrada e saída dos alunos. No começo do ano a escola passou por uma espécie de interdição, pois um dos prédios utilizados pela unidade de ensino, de propriedade do Estado, onde antes funcionava uma escola estadual, foi interditado pelo Corpo de Bombeiros e pela Secretaria de Infraestrutura e, imediatamente alguns alunos da escola foram transferidos para o CEMEA Abadia. Os laudos atestaram a precariedade da escola, condenando sua estrutura e recomendando a interdição. 
Após levantar os problemas a serem resolvidos para que a escola pudesse reformar o prédio e voltar a utilizá-lo, a secretária de Educação, Silvana Elias, verificou que o acordo para o uso do prédio, que é de propriedade do Estado, foi feito apenas verbalmente e que desta forma o município não poderia fazer nenhuma modificação na estrutura, sem antes firmar um termo de cessão do Estado para o município. “Nós estivemos aqui no começo do ano e verificamos a precariedade das instalações e o perigo que os alunos estavam passando. Interditamos o local e começamos a preparar o projeto para reformar toda a unidade de ensino para poder oferecer uma estrutura adequada para os alunos. Nós assinamos o termo recentemente e vamos dar andamento nos projetos e contratações para que as obras possam ser iniciadas o quanto antes”, disse Piau.
Edmilson disse ao Prefeito sobre a preocupação dos pais com relação à segurança dos alunos. “Os pais entenderam a preocupação do município e toda a assistência que foi dada quando a escola foi transferida para o Cemea Abadia, mas eles estão preocupados com a segurança dos alunos, pois o fluxo de veículos na Avenida Orlando Rodrigues da Cunha é muito intenso, além das ruas aqui do entorno, principalmente nos horários de entrada e saída dos alunos. Até as obras serem finalizadas, os pais estão pedindo um guarda municipal para poder dar mais segurança aos alunos nos horários de entrada e saída, além da instalação de faixas de pedestres elevadas e sinalização horizontal identificando que ali funciona uma escola”, disse Edmilson. 
O engenheiro da Secretaria de Educação, Carlos Roberto Mangussi, afirmou que o projeto com toda a reforma e adaptação dos prédios da escola está pronto e encontra-se na Secretaria de Planejamento para levantamento de custos. O próximo passo é abrir um processo licitatório para contratação da empresa que ficará responsável pelas obras na escola. A estimativa é que sejam gastos um milhão e meio de reais e que a obra fique pronta até setembro. 
Assessoria de Comunicação – Vereador Edmilson de Paula

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020