A imagem de Nossa Senhora da Abadia, padroeira da cidade, foi levada esta manhã ao Plenário da Câmara Municipal onde foi coroada. O evento fez parte da agenda comemorativa cujo ápice ocorre sábado, dia 15 feriado municipal. O presidente do Legislativo, Luiz Dutra (SD) pediu a benção de Nossa Senhora aos homens públicos, especialmente os vereadores nos trabalhos pela sociedade . “Que este plenário possa ter paz e harmonia e possamos trabalhar, cada vez mais, em benefício da comunidade”, disse Dutra.

O padre Jailson José Santos, pároco do Santuário de Nossa Senhora da Abadia falou sobre a importância da família e os seus reflexos na sociedade, destacando a importância da educação dos filhos. Segundo ele, a imagem é apenas um símbolo, que está na fé do povo, uma referência daquela que serviu a Deus. “Estou presente aqui, não em nome de uma religião, mas em nome de Deus”, afirmou antes de iniciar a realização da missa.  

História – Todas as “Nossas Senhoras” são a mesma Virgem Maria, Mãe de Jesus. Seus títulos estão ligados a histórias e lendas, que no mosteiro de Bouro, Portugal, na capela de São Miguel da Abadia, ficou somente um monge eremita de hábito negro, da ordem de São Bernardo. Os outros religiosos abandonaram o Mosteiro durante as guerras com os árabes.

Um fidalgo da corte portuguesa foi se juntar ao eremita solitário. O fidalgo queria afogar a tristeza que lhe ficara por causa da morte de sua esposa. Certa noite os dois religiosos viram aparecer, na garganta da serra, uma luz misteriosa e viva. Correram logo para aquele lugar e encontraram uma imagem da Virgem, esculpida em pedra. Resolveram construir ali uma capela. Outros solitários se uniram a eles e começaram a construção de uma Abadia.
Dom Afonso Henriques, em 1.148, engrandeceu essa Abadia, concedendo muitas rendas e o senhorio do Couto do Bouro. Mais tarde os monges, já professos, sentindo que o local da Abadia era muito áspero e desabrigado, resolveram construir mais adiante o que é hoje o atual convento.
Então verificaram o milagre da Virgem. Por mais esforço que fizessem a imagem não se mantinha no novo convento, reaparecendo na Abadia.

Hoje, ao fundo de um grande lago, com alpendres avarandados, está o templo de Senhora da Abadia, e na sua frontaria, em oratório, protegida por grades de ferro fica a imagem da Virgem. (fonte http://www.santuarioabadia.com.br)

 

 

Jorn. Hedi Lamar Marques

Departamento de Comunicação CMU
10/08/2015

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020