A situação de emergência decretada no Município em razão da estiagem que já comprometeu 35% do plantio de grãos impactando também os canaviais, a horticultura e produção leiteira, repercutiu na Câmara Municipal. O vereador Ismar Vicente dos Santos (Marão – PSB) está propondo ao Codau realizar um estudo técnico para a concessão de desconto nas contas de água para estimular a redução do consumo, principalmente nos meses de seca.

Por meio de requerimento aprovado em plenário, o parlamentar argumenta que a escassez de chuva em 2014 é a pior dos últimos 37 anos. Além disso, a previsão climatológica para as próximas semanas não é nada animadora com a ocorrência de apenas chuviscos e precipitações muito fracas.   As altas temperaturas, segundo Marão,  geram dois fatores preocupantes: a elevação exagerada  do consumo e o índice alto  de evaporação que chega a 25 milímetros quando ocorre qualquer chuva ou chuvisco ou seja, o solo não permanece irrigado.

O "alerta vermelho" foi repassado ao vereador pela climatologista Wanda Prata informando que em fevereiro choveu apenas 62 milímetros quando o normal seriam 400.  A atitude que está ao alcance do parlamentar é a proposta de criação de uma escala gradual de desconto para o consumidor que reduzir o gasto. "Quanto maior a economia, maior seria o desconto", enfatiza.

A proposta prevê que o desconto, se acatado pelo Codau, comece a ser concedido a partir de maio que precede o período da seca. Enquanto o Poder Público não se pronuncia sobre o assunto, Ismar Marão solicita a população economia no consumo para evitar o desabastecimento. "A natureza não pode ser desafiada e sim, respeitada", conclui.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020