Itamar fiscaliza Executivo

Através de requerimento o vereador também reivindicou melhorias para a comunidade

O vereador Itamar Ribeiro de Rezende (DEM) encaminhou, novamente, vários requerimentos solicitando informações da Prefeitura, a cerca de licitações e convênios. No de número 0954, o vereador se refere ao convênio nº 1371.01.04.024.09, celebrado entre o Codau/Fhidro, no valor de, aproximadamente, R$ 2 milhões, para implantação de emissário e estação elevatória São Bento. Por ser do Fhidro, o recurso é a fundo perdido e teve o repasse liberado no dia 03 de setembro de 2009, ou seja, a mais de um ano. “Quero saber o que houve com este recurso. Se foi utilizado ou devolvido. Existe um processo licitatório na modalidade concorrência nº 04/2009. Quero cópia deste documento e quero saber se foi concluído e a obra começada. Não adianta apenas vir recurso, tem que utilizar para o fim definido. Como vereador, estou fazendo meu trabalho que é fiscalizar, por isso quero informações”, destacou ele.
Em um segundo documento, Itamar pede informações sobre outro convênio celebrado entre o Codau/Fhidro, publicado em 21-07-09, no valor de R$ 195.500,00 que seria utilizado para desinfecção do efluente tratado da ETE Uberaba. O vereador quer cópia do convênio e explicações de o porquê a obra não ter sido licitada se o dinheiro está liberado desde a publicação. Outra situação igual, segundo Itamar, é a do convênio no valor de R$ 1.064.000,00 (não reembolsável), publicado em 17-09-09, que teve o extrato publicado em fevereiro de 2010 com a Empresa Soenge Construtora Ltda. Itamar quer saber o motivo pelo qual a obra não iniciou, haja vista a publicação do extrato e o dinheiro estar liberado desde o ano passado.
Reivindicações – Através de indicação encaminhada ao Tenente Coronel João Lunardi, o parlamentar solicita mais policiamento na região do Parque São Geraldo com Jardim América. Segundo Itamar, ele foi procurado por populares daquela região, preocupados com a falta de segurança, pois é constante a ocorrência de atos de vandalismo que ocasionam a destruição dos relógios da Cemig nas residências.
Em outra indicação, desta vez encaminhada ao prefeito em exercício, Paulo Mesquita, Itamar solicita que servidores sejam cedidos para trabalhar junto aos permissionários do Ceasa. “Peço que Mesquita nos atenda, pois devido ao alto custo dos boxes, o trabalho dos permissionários é difícil e os servidores poderiam auxiliá-los”, explicou.
Ainda relativo ao Ceasa, Itamar quer cópias das contas de telefone, da Cemig, do Codau e a planilha da folha de pagamento dos funcionários, que estão sendo rateadas pelos permissionários do Ceasa, pelo período de 12 meses até agosto de 2010.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020