Kaká pede bom senso em ações de interdição

Defensor de ações que vão ao encontro da Segurança Pública em casas de eventos, vereador Kaká Se Liga (PSL) manifestou, durante a reunião de ontem (18), preocupação quanto às formas de se fazer cumprir a legislação. Ao relatar fato ocorrido na madrugada deste último sábado, o parlamentar lamentou a ação truculenta, sob orientação do departamento de Posturas, ao decretar o fechamento de choperia da cidade.

“Chegaram com policiais armados, tirando as pessoas de um ambiente de descontração como se fossem bandidos, colocando a casa sob risco de perda de credibilidade”, disse o parlamentar, destacando que as ações nesse âmbito são planejadas, o que permite que a interdição, quando necessária, seja feita durante o dia, evitando prejuízo à imagem do proprietário, bem como constrangimento aos clientes.

Segundo Kaká, em que pese o processo de alvará estar em trâmite, foi assinado um TAC que resguardava o funcionamento da empresa. Ele ainda informou que, no domingo, ação semelhante recaiu sobre outro estabelecimento da cidade. “Peço um pouco mais de consciência no momento de fazer as interdições. Sou favorável às medidas de segurança, mas isso não impede a utilização do bom senso no momento de se estabelecer as ações”, reforçou, acrescentando que o próprio prefeito Paulo Piau (PMDB) manifestou insatisfação quanto às formas de repreensão utilizadas.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020