Na cidade, pelo menos 10 conjuntos habitacionais estão sem cobertura do serviço de entrega de correspondência

 

Pelo menos 10 conjuntos habitacionais em Uberaba estão sem cobertura do serviço de entrega de correspondências por parte da Empresa Brasileira dos Correios e Telégrafos. Revelação foi feita durante encontro do presidente da Câmara Municipal, Luiz Humberto Dutra (PMDB), em seu gabinete, com a consultora de negócios da Gerência de Vendas Corporativas da Diretoria Regional dos Correios, Laíze Andrade Vasconcelos, e com o coordenador de Vendas da Região Sudoeste, Paulo Eduardo Ferreira Coelho, ontem.

Os representantes dos Correios apresentaram ao presidente do Legislativo os produtos que a empresa dispõe para melhorar a comunicação com a população por meio de correspondências. No entanto, foi ressaltada a atual falta de pessoal enfrentada pelos Correios, o que está comprometendo a qualidade do serviço prestado. Para solucionar tal deficiência, a única alternativa seria a realização de concurso público, segundo os técnicos dos Correios.

Laíze lembrou que os moradores dos bairros que não estão sendo atendidos podem utilizar o serviço de “posta restante” em que as pessoas procuram suas correspondências na unidade dos Correios mais próxima. Mas os dois técnicos lamentaram a situação da falta de funcionários, o que dificulta o atendimento deles aos clientes, visto que, muitas vezes, o público em que se quer atingir está nos bairros onde os serviços não estão sendo prestados plenamente.

O presidente da Câmara reafirmou que a questão, por diversas vezes, foi tratada no Plenário do Legislativo e que ofícios já foram encaminhados ao Ministério das Comunicações e à presidência dos Correios cobrando solução com a realização de concurso para contratar, fundamentalmente, mais carteiros. Luiz Dutra diz que a situação, além de prejudicar a comunidade de modo geral, começará a inviabilizar a própria empresa de Correios que estará deixando de vender os seus produtos e serviços.

 

Jorn. Márcio Gennari

Dep. de Comunicação

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020