O vereador Ismar Vicente dos Santos “Marão” (PSD) está encaminhando um requerimento aos deputados que representam Uberaba e também ao governo de Minas. Ele está pedindo que o governador Fernando Pimentel viabilize junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a disponibilização da base de dados biométricos da Justiça Eleitoral para os institutos de criminalística da Polícia Civil.

“Marão” aproveitou a presença na Câmara do diretor do cartório da 347ª Zona Eleitoral, Alexandre Barbosa Peperman, para falar sobre o assunto.  O vereador, que também é policial civil, lembrou que o País terá um banco de dados nacional biométrico, que é fundamental para o esclarecimento de crimes.

“Conforme lembrou “Marão”, na cena de um crime são coletadas várias digitais, que são encaminhadas para Belo Horizonte, mas o único banco de dados existente é o da Carteira de Registro Identidade (RG), o que dificulta imensamente a identificação.

Além do governador, o requerimento está sendo encaminhando ao deputado federal Marcos Montes Cordeiro (que já solicitou uma consultoria legislativa sobre o assunto junto à Câmara Federal), assim como aos deputados estaduais Antônio dos Reis Gonçalves “Lerin” e Antônio Carlos da Silva Nunes “Tony Carlos”. “Marão” pediu que todos os vereadores assinassem o requerimento. “A sociedade clama por mais segurança e uma ferramenta como esta é muito importante’, afirmou ele. Para o vereador, quando as polícias tiverem acesso a este banco de dados, como a Polícia Federal já está tendo, a criminalidade deve reduzir.

 

 

Jorn. Hedi Lamar Marques

Departamento de Comunicação CMU
15/03/2018

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020