O vereador Thiago Mariscal (MDB) quer uma fiscalização mais efetiva nas casas de eventos da cidade. Ele encaminhou ao presidente da Fundação Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), Rodrigo Matheus de Oliveira Signorelli, um requerimento pedindo providências  sobre o assunto.

Segundo o representante do Legislativo, é preciso tomar alguma providência quanto à realização de shows artísticos na cidade, uma vez que alguns locais vendem uma quantidade de convites acima da lotação do estabelecimento, na ganância de ganhar mais dinheiro. Esta situação, avalia Thiago, transforma os ambientes em lugares inadequados e inseguros para os frequentadores.

“O nosso objetivo é prevenir que não aconteça uma tragédia como ocorreu na Boate Kiss, no Município de Santa Maria, no Rio Grande do Sul”, afirmou o vereador. De acordo com ele, a fiscalização pelo Procon é necessária para resguardar o direito do consumidor, bem como cessar essa prática abusiva que vem ocorrendo.

A tragédia na boate Kiss aconteceu no dia 27 de janeiro de 2013. O incêndio matou 242 pessoas e deixou outras 680 feridas. O fogo foi provocado por um sinalizador disparado no palco em direção ao teto por um dos integrantes da banda que tocava no local.

Um dos agravantes para o grande número de mortes foi a falta de estrutura na segurança do prédio, principalmente com relação às saídas de incêndio. A boate contava com apenas uma única porta de saída.

 

 

Jorn. Hedi Lamar Marques
Departamento de Comunicação CMU

27/03/2018

 

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020