O promotor de Defesa do Patrimônio Público, João Vicente Davina, encaminhou ao presidente da Câmara Municipal, vereador Luiz Dutra (SD), uma cópia de Promoção de Arquivamento sobre denúncia que havia sido realizada pelo vereador Marcelo Machado Borges “Borjão” (DEM).

O presidente do Legislativo leu o documento durante a sessão plenária desta segunda-feira (10).

A acusação apresentada por “Borjão” era de supostamente ter ouvido do prefeito Paulo Piau que oito vereadores receberam benefícios para votar o projeto que cria o Cemitério-Parque na cidade. De acordo com o promotor, cidadão de nome Heli Araújo Silveira remeteu pedido para que os fatos fossem apurados, assim como a vereadora Denise Max (PR).

O MP analisou cópia das imagens da TV Câmara do dia 12 de março, assim como os esclarecimentos prestados pelo prefeito ao próprio Legislativo, nos quais ele negou ter realizado qualquer tipo de acusação contra os parlamentares.

Após a notificação, Luiz Dutra, “Borjão”, Denise Max e Heli Araújo, têm prazo de dez dias para apresentarem qualquer tipo de recurso junto ao Ministério Público Estadual.

 

Jorn. Hedi Lamar Marques
Departamento de Comunicação CMU

10/08/2015

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020