A Câmara Municipal autorizou a contratação de dois profissionais temporários, que vão atuar na Fase 3 do Parque Tecnológico Uberaba (Uberabatec). O Projeto de Lei foi encaminhado pelo Poder Executivo e aprovado na manhã desta segunda-feira (25).

Serão contratados dois analistas em Gestão de Ciência e Tecnologia, um para a operação do Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação do Parque, e outro para a operação da BioRota. O convênio para os projetos foi firmado com a Financiadora Nacional de Estudos e Projetos (FINEP), em 2010.

O líder do prefeito na Casa, vereador Rubério dos Santos (MDB), apresentou uma emenda, acrescentando que os candidatos podem ter pós-graduação e/ou mestrado, concluído ou em andamento, para se candidatarem aos cargos. Ele explicou que enquanto um vai atuar na integração entre governo, empresas e universidades, o outro vai trabalhar na rota de biotecnologia da cidade.

Rubério também explicou que as contratações serão realizadas com recursos do Finep, dentro do próprio convênio, portanto sem nenhum custo adicional.

O vereador Alan Carlos da Silva (Patri) questionou o fato de o convênio encerrar em maio. A gestora do Parque Tecnológico, Raquel Mendonça Durvale Rezende, explicou que o convênio está sendo estendido até dezembro deste ano e que as contratações são específicas, dentro dos projetos.

Cada profissional vai trabalhar no mínimo 40 horas semanais, com um salário de R$ 3.748,69.

 

Jorn. Hedi Lamar Marques
Departamento de Comunicação CMU
25/03/2019

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020