Projeto que institui Teste do Coraçãozinho é sobrestado
A fim de evitar inconstitucionalidade por vício de iniciativa, o vereador Edmilson de Paula (PRTB) pediu sobrestamento do Projeto de Lei que institui o Teste do Coraçãozinho. O líder do prefeito na Casa, Tony Carlos (PMDB), no entanto, garantiu que, uma vez transformado em requerimento, o prefeito irá enviar a matéria para apreciação dos vereadores.
Com o intuito de explicar a simplicidade do procedimento, Edmilson convidou a pediatra Dra. Débora Aleixo para a sessão. A pediatra compareceu portando o Oxímetro, que é o aparelho que realiza o teste do coraçãozinho, e disse que o mesmo é simples e barato. 
O teste do coraçãozinho – cujo nome técnico é oximetria de pulso – detecta a cardiopatia congênita nas crianças logo após o nascimento. O exame é indolor e mede a quantidade de oxigênio no sangue das crianças. Se a taxa de oxigênio estiver abaixo de 95%, isso pode indicar a presença de doenças coronárias.
"É um teste extremamente simples e fácil, qualquer pediatra poderá realizá-lo. Em cada 1 mil criança que nascem, oito podem ter cardiopatia congênita em diferentes graus. Dessas oito, duas podem ter problemas sérios no coração. Dessas duas, de 30% a 40% recebem alta sem o devido diagnóstico. E essas cardiopatias podem aparecem por volta da terceira semana. Com dois ou três dias sem uma boa oxigenação, a criança pode apresentar diversos problemas. Com esse exame, essas crianças seriam diagnosticadas imediatamente", disse a médica. 
Edmilson perguntou sobre valor do aparelho, que, segundo a Dra. Débora, varia de R$ 80 até 2 ou 3 mil reais. "Mas um aparelho é capaz de atender um hospital por muitos anos. Tem uma especificidade de 90%. Seria um aparelho por maternidade", justifica. 
Já o vereador João Gilberto Ripposati (PSDB) questionou sobre a realização do teste pelo SUS, o que ficou esclarecido que não é feito. Segundo a médica, a técnica não é obrigatória, mas que há um projeto de autoria do deputado Eduardo Azeredo para mudar essa situação.
 O vereador Franco Cartafina (PRB) lembrou da importância de se trabalhar a prevenção e não remediar. "Testes preventivos como o da lingüinha, apresentado pelo presidente Elmar, devem ser tratados com carinho porque salvam e melhoram a vida das crianças", disse, recebendo a concordância do presidente Elmar Goulart.
O vereador Edmilson revelou que tem uma filha com paralisia cerebral que, segundo ele, poderia ter o problema evitado se tivesse realizado o exame a tempo. Cléber Ramos (PROS) reconheceu que exames preventivos nas primeiras horas realmente são importantes e se colocou à disposição para a concretização do projeto. 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020