O Projeto de Lei apresentado pelo vice-presidente da Câmara Afrânio Cardoso (PROS) foi retirado da pauta desta segunda-feira (10) a pedido do próprio autor.

A matéria, que tem como objetivo proporcionar aos portadores da epilepsia igualdade perante a sociedade, criando, para isso, ação afirmativa que busque evitar a discriminação e o preconceito em relação à enfermidade, retornará na sessão de quarta-feira (12).

A epilepsia é uma síndrome neurológica, que possui como características

crises epilépticas recorrentes e que atinge aproximadamente 2% da população. Segundo o parlamentar, a falta de conhecimento, bem como o preconceito que envolve a doença, tem tornado a vida dos portadores cada vez mais difícil. “Percebemos a falta de uma política adequada de controle, tratamento e estudos acerca do tema. O que queremos com a matéria é oferecer melhoria na qualidade de vida dessas pessoas”, disse Afrânio.

 

Jorn. Karla Ramos

Dep. Comunicação

10/08/2015

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020