Representação encaminhada pela Câmara ao Ministério Público questiona a existência de sanitário único para meninos e meninas

 

A Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente determinou a instauração de Inquérito Civil para apurar possível irregularidade na disposição em banheiro infantil no novo shopping da cidade, o Praça Shopping.

A iniciativa do Ministério Público se baseia em representação encaminhada pelo vereador Samuel Pereira e assinada por outros legisladores em que questiona o fato da existência de banheiro para a criança sem a definição de sexo (menino e menina).

A preocupação do vereador é com o risco de registros de casos de pedofilia e até de abuso por parte de adolescentes que possam usar o banheiro destinado às crianças.

Providências. Na sessão do Legislativo desta terça-feira, dia 22, Samuel Pereira leu o ofício encaminhado pela promotora Claudine Lara Aurélio Bettarello em que acusa o recebimento e registro da representação e a instauração do procedimento investigatório.

Os vereadores pedem que sejam tomadas as providências pertinentes acerca da disposição atual do sanitário infantil instalado no cinema do Praça Shopping. Samuel justifica o seu posicionamento diante da preocupação de possíveis violações de direitos de crianças com casos de abusos e até mesmo pedofilia.

 

Jorn. Márcio Gennari

Departamento de Comunicação

(22/09/15)

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020