Projeto de autoria do vereador Afrânio Cardoso de Lara Resende (PMN) teve parecer de inconstitucionalidade da Comissão de Justiça, Legislação e Redação da Casa, devido ao vício de iniciativa.

O projeto previa que as empresas integrantes do Transporte Coletivo Urbano deveriam implantar no interior de seus veículos e nos terminais do Sistema Vetor/BRT, urnas coletoras de sugestões e reclamações destinadas aos usuários do sistema. A proposta era de que o usuário poderia preencher um formulário próprio e padronizado, onde constaria nome, endereço e telefone, com a opção de receber a resposta por escrito.

Segundo o projeto, as reclamações seriam encaminhadas para análise da Superintendência do Transporte Coletivo de Uberaba, para posterior tomada de providências. O prazo seria de 30 dias para a adaptação das empresas.

Com o parecer de inconstitucionalidade, o autor do projeto se manifestou. Afrânio disse que a proposta visa somente melhorar a qualidade do atendimento do transporte coletivo. “Eu entendo que as urnas coletoras podem contribuir para melhorar o sistema, pois somente quem usa no dia a dia pode realmente colaborar”, afirmou o vereador.

O vereador Cléber Humberto de Sousa Ramos “Cléber Cabeludo” se manifestou favorável ao projeto, que considerou importante e que poderia beneficiar a população.

Já o vereador Franco Cartafina  (PHS) lembrou que legislar sobre o transporte coletivo é uma prerrogativa do Poder Executivo, conforme constatou a procuradoria da Casa. Franco ainda destacou que atualmente já existe sim um canal de reclamação, através do site da Prefeitura, no “Fala Cidadão”, onde a pessoa preenche um formulário. Para ele, a intenção é interessante, mas o papel e a caneta estão sendo extintos.

Afrânio não concordou, pois entende que muitas pessoas ainda não têm o privilégio de possuir um celular ou computador com acesso a internet. Segundo a vereadora Denise Max (PR), apesar de toda a tecnologia, tem pessoas que não conseguem ter acesso a internet, nem mesmo em casa. Ela defendeu que as caixinhas de coleta facilitariam o acesso para os usuários do transporte coletivo.

O vereador João Gilberto Ripposati (PSD) disse que o transporte coletivo precisa ser prioridade nas políticas públicas. Ele lembrou que o Conselho dos Usuários do Transporte Coletivo foi aprovado e agora é preciso buscá-lo para ser parceiro e que a política voltada par ao setor atenda os usuários com qualidade. “É preciso se adequar e encontrar uma solução para o BRT ser mantido e ao mesmo tempo preservar o comércio”, afirmou Ripposati, que também defendeu melhorias na segurança dos terminais.

O vereador Afrânio disse que vai transformar a proposta em requerimento e encaminhá-la para o Poder Executivo.

 

 

 

Jorn. Hedi Lamar Marques
Departamento de Comunicação CMU
11/05/2016

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020