Feirarte
Respostas da PMU não contemplam Almir

Em resposta ao requerimento do vereador Almir Silva (PR), que solicitou, com a aval da Polícia Militar, a implantação da Feirarte na praça Magalhães Pinto, a prefeitura esclareceu que a feira não tinha caráter itinerante e que o local necessitaria de infraestrutura. O ofício nº  0465/11 da Secretaria de Governo, explicita que “para a implantação de algum tipo de feira na Praça Magalhães Pinto (Praça do Quartel), no Bairro Fabrício, é necessário um projeto visando a infraestrutura necessária para os expositores trabalharem, tais como: padrões de energia, banheiros, água, som, policiamento e coordenação”. Para almir, a resposta não condiz com a realidade.
Ele lembra que praça passou por uma grande reforma, tendo hoje um quiosque com iluminação e água, o que tornaria possível expandir outras ligações. Segundo Almir, banheiro já existe e se fosse o caso, poderia ser químico. O som, o próprio vereador garantiu que se fosse difícil para a prefeitura, ele emprestaria o seu e, que no diz respeito à segurança, basta lembrar que o evento seria em frente ao batalhão da polícia militar.
“Água já tem. Fazer outras ligações seria simples para o Codau. Em relação aos padrões, com certeza, não teriamos grandes dificuldades, pois já existe energia e o quiosque, inclusive, tem refletores para iluminação. Esta resposta, sinceramente, não me convence e não contempla os moradores das imediações que esperam um melhor aproveitamento do espaço”, destacou, lembrando que em documento encaminhado ao Comandante Laércio Reis, o mesmo acenou positivamente, apenas enfatizando a necessidade de averiguar se tudo estava de acordo com as necessidades dos expositores.
O ofício também listava a necessidade de um coordenador, o que para Almir, “não seria problema, haja visto que nos quadros da prefeitura haveria algum indicado para ocupar o cargo e mesmo que não houvesse a contratação seria justificada”.
O presidente Luiz Dutra (PDT) também externou sua insatisfação com a resposta. “Não é difícil. É preciso trabalhar mais, pois estas justificativas não expressam a realidade”, destacou.
Almir irá encaminhar outro requerimento reforçando a solicitação e externando sua insatisfação com a resposta. Vários outros vereadores externaram apoio a Almir e garantiram que assinarão o requerimento quando o mesmo vier ao plenário para votação.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020