Empresas eliminaram a figura no interior dos ônibus e estimulam a utilização dos cartões magnéticos

 

Preocupado com a segurança das pessoas que fazem uso do transporte coletivo urbano, o vereador João Gilberto Ripposati (PSD) apresentou requerimento, aprovado em Plenário, que contesta a prática de motoristas acumularem a função de cobrador. No documento, ele solicita ao prefeito Paulo Piau que determine a Secretaria Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transporte (SEDEST), a proibição dos motoristas realizarem os serviços de recebimento de passagens e devolução de troco ao mesmo tempo em que conduzem os veículos.

As empresas optaram por eliminar a figura do cobrador dentro dos ônibus, e vem fazendo uma campanha de estímulo do uso de cartões. Porém, o usuário não dispõe de pontos suficientes para a aquisição dos mesmos, o que obriga o motorista a manusear dinheiro.

O vereador argumenta que esta prática aumenta substancialmente o risco de acidentes, colocando em dúvida a integridade do usuário. O intuito de sua proposição é justamente trazer mais segurança aos passageiros. Ripposati espera o atendimento imediato da sua proposição, afim de fazer com que se cumpram as leis de trânsito e que vidas sejam preservadas.

 

Jorn. Diva Luce Magalhães

Departamento de Comunicação

18/12/2015

 

 

 

 

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020