O vereador João Gilberto Ripposati (PSD) apresentou requerimento na Câmara solicitando ao secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Miguel Corrêa Júnior, algumas providências junto à CEMIG. O parlamentar pede a revitalização do Programa Fazenda Energética com sede na Univerdecidade [Fazenda experimental Getúlio Vargas (EPAMIG/EMBRAPA/PMU)] e estudos técnicos para a implantação de Unidade Piloto no Parque Tecnológico para a geração e utilização de energia fotovoltaica, utilizando a energia gerada para o consumo do Parque Tecnológico e o excedente para Central da CEMIG.

Para o vereador, o programa tem contribuído para o desenvolvimento agropecuário com a disponibilização de tecnologia e informações sobre o uso alternativo de energia. “O intuito do Parque Tecnológico é propor alternativas de baixo custo ao produtor, utilizando fontes alternativas para a geração de energia, como a hidráulica, solar, eólica, entre outras propostas”, disse.

Segundo Ripposati, sua intenção é revitalizar o Parque Tecnológico e fazer manutenção de toda sua estrutura de rede elétrica. “É necessário refazer e conservar a estrutura das fiações. Ao mesmo tempo, é preciso desenvolver  dentro do local um projeto piloto sobre a energia fotovoltaica [energia captada através da luz solar] para orientação e divulgação dessa tecnologia aos interessados em fabricá-la. Eles receberiam assistência técnica e acompanhamento durante a execução do projeto. Ao mesmo tempo, a proposta serviria para difundir a tecnologia, multiplicando-a, e, consequentemente, gerando economia ao Brasil. Enfim, o objetivo do Parque é promover o desenvolvimento de técnicas para serem transferidas através das empresas que vão se instalando nas chamadas incubadoras. Sem contar que as energias lá geradas serviriam para baratear e custear as despesas do local, que atualmente faz uso de energia elétrica”.

 

Jorn. Karla Ramos

Dep. Comunicação

07/04/2016

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020