Aprovado na reunião de terça-feira (09) o requerimento de autoria do vereador Ronaldo Amâncio (PTB), que solicita ao prefeito Paulo Piau, interceder junto ao Governo do Estado para que seja normalizada a distribuição e entrega das fitas de aferição de glicose dos insulinodependentes.

O vereador informou que a Farmácia de Acolhimento do município entregava cerca de cem fitas por mês e este número reduziu para cinqüenta. Argumentou que a falta de repasse não causa apenas mal para a saúde dos pacientes, mas também para o bolso deles. “Toda vez que a pessoa usa o material, ele tem que ser descartado. Cada fita custa em torno de R$2 e os pacientes têm que usar de três a cinco vezes ao dia. Então, o custo fica muito alto”, comentou o parlamentar. 

Ronaldo Amâncio destacou a importância da utilização das fitas de glicemia para aferir a glicose do diabético, que com o resultado sabe a quantidade exata de insulina que deve ser aplicada. Acrescentou que sem o uso do produto, os riscos aumentam. “Se colocar mais insulina, a pessoa pode ter hipoglicemia e até entrar em coma. Se não mede, acaba não aplicando, porque não tem como medir. Essa situação eleva as complicações da doença”, finalizou. 

 

Jorn. Cássia Queiroz

Departamento de Comunicação da CMU

09/05/2017

 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020