O Poder Executivo precisa ouvir mais as opiniões dos vereadores, segundo o vereador Samuel Pereira (PR). Ele fez um desabafo no Plenário esta semana, afirmando ter momentos em que fica chateado pelo fato de a Casa não ser ouvida. Samuel lembrou que há três anos lançou a ideia de captação de água barata, que pode ser viabilizado em seis meses. “Mas insistem em uma fórmula que vai custar milhões e demorar”, afirmou.

A proposta do vereador é de bombear água por 9 km a partir do rio Araguari, pelas margens da BR-262. “Depois, a água desce em queda livre até a nascente do rio Uberaba, isto sem precisar desapropriar terras”, explicou o parlamentar, destacando que todos os anos a cidade passa pelas mesmas dificuldades, devido à seca.

Samuel pediu ao prefeito Paulo Piau e ao presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, “sensatez e a inteligência de buscar um subterfúgio para conseguir água mais barata”. “Eu não sou engenheiro, mas entendo que a opção é importante e a água é boa”, acrescentou, lembrando que para realizar a captação mais perto do rio Uberaba seria preciso fazer desapropriações.“É possível usar tubos para fazer o transporte da água, sem a necessidade de desapropriações”, afirmou o vereador.

O vereador Ismar Vicente dos Santos “Marão” (PSB), aproveitou o tema para contar que havia recebido uma resposta da Secretaria Municipal de Governo, sobre a existência de poços profundos na cidade. Ismar havia questionado sobre a localização destes poços, bem como a qualidade da água dos mesmos.

Porém, de acordo com o vereador, a secretaria informou que não têm conhecimento de tais poços, e que a responsabilidade caberia ao Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igan), sugerindo que seja encaminhado um ofício ao órgão estadual. Ismar disse ter conhecimento de que existem dois poços profundos na cidade, os quais retiram água do Aqüífero Guarani.

Para Samuel, o Codau não está preparado nem para dar uma resposta simples como esta, mesmo se tratando da empresa que é a responsável por cuidar da água do Município. “Tem momentos em que eu fico muito insatisfeito com a administração municipal”, concluiu o vereador.

 

Jorn. Hedi Lamar Marques
Departamento de Comunicação CMU
23/10/2015

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020