Semana Outubro Rosa chega ao município

Projeto de Lei que Institui a Semana Outubro Rosa no município, de autoria do vereador Lourival dos Santos (PC do B), foi aprovado pelos vereadores na última semana. Segundo dados apresentados pelo parlamentar, enquanto em outros países o número de mulheres mortas pelo câncer de mama diminui, no Brasil a estatística continua a crescer, chegando a 30 mulheres mortas, por dia, em decorrência da doença.

Santos justifica a importância da campanha, no âmbito municipal, uma vez que, quando detectado bem no início, a mulher tem 95% de chance de curar-se. “Os nódulos descobertos tardiamente têm, quase sempre, chance de cura de apenas 30%, além de tratamentos mais longos e dolorosos”, defendeu, destacando que a falta de informação e de exames são os maiores obstáculos para a obtenção da cura. 

 Os vereadores abraçaram a iniciativa do colega, ressaltando a importância damatéria. Almir Silva (PR), Jorge Ferreira (PMN) e João Gilberto Ripposati (PSDB) alertaram sobre a importância da prevenção da doença que também acomete homens. “Os homens também precisam prevenir-se e quebrar preconceitos”, salientou o tucano. Vereador professor Carlos Godoy (PTB), por sua vez, parabenizou a postura humanista de Lourival ao elaborar o PL.

Os democratas, Itamar Ribeiro de Rezende e Marcelo Borjão, também apoiaram o projeto, mas alertaram quanto ao possível veto do executivo, haja vista que se trata de atribuição ao município oriunda do Legislativo. “Caso venha o veto, nós o derrubaremos”, adiantou Borjão. Ao final das discussões, Almir sugeriu pedir ajuda à primeira dama e chefe de gabinete, Angela Mairink, para disseminação da proposta.

Campanha – Dia 25 de outubro é comemorada a Semana Nacional do Outubro Rosa. Lançada pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à saúde da Mama – FEMAMA, esse ano, a campanha tem um foco: a mamografia anual para mulheres acima de 40 anos. Em seu plano estratégico, a entidade estabeleceu que, até 2015, 75% da população deverá ter cobertura mamográfica, 100% de certificação dos prestadores de serviços de saúde (radiologistas adequadamente preparados para o diagnóstico) e prazo máximo de 30 dias entre diagnóstico e início do tratamento, haja vista que o tumor pode dobrar de tamanho em apenas um mês. 

Vistas – Apesar da pauta do dia conter o Projeto de Lei 195/2011, de autoria do executivo, que altera e consolida leis no âmbito do Conselho Municipal Antidrogas – COMAD, não foi votado. Pedido de vistas de Borjão adiou a discussão da matéria que tem como objetivo adequar a legislação municipal à federal e estadual, que trata do Sistema Nacional e Estadual Antidrogas. As mudanças também atingem os objetivos, composição e organização do Conselho. “Peço vistas para atender pedido dos próprios representantes do COMAD, que não se encontram mais em Plenário. Que o projeto possa ser votada na próxima sessão, tendo em vista que, enquanto isso, os trabalhos do Conselho não param”, argumentou.

 

 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020