A diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Seguridade, Saúde, Previdência, Trabalho e Assistência Social de Minas Gerais, Sandra Rafacho, cuja categoria está em greve há mais de 20 dias, usou a Tribuna Livre na reunião ordinária de hoje para pedir que os vereadores intercedam junto ao Governo Federal no sentido de acatar a pauta de reivindicações proposta pelos servidores.

“Nossa pauta é uma discussão que já temos há algum tempo com o Governo. Estamos solicitando concurso público para recompor todas as vagas de aposentados e a falta nas agências que é em torno de 70%. Queremos também melhores condições de trabalho, incorporação no salário básico das gratificações, reajuste linear de 27% e combate ao assédio moral. A pauta se estende também para igualdade nos vencimentos e questões salariais entre ativos e aposentados. Também somos contra as terceirizações”, informou Raquel Rafacho.

O presidente Luiz Dutra (SD) ressaltou que será elaborado um documento assinado pelos vereadores, junto com a pauta de reivindicações, e encaminhado ao Congresso Nacional. Adiantou que dia 2 de setembro terá audiência com o senador Antônio Anastasia em Brasília e na oportunidade entregará o documento a ele.

 

Jorn. Cássia Queiroz

Departamento de Comunicação da CMU

13/08/2015

 

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020