Dosímetro

Tony Carlos alerta sobre risco de câncer 
O vereador Tony Carlos (PMDB) fez um durante a sessão plenária (3), ao prefeito Anderson Adauto. Segundo ele, os tecnólogos de radiologia do município, que atendem nas unidades de saúde, estão trabalhando há um ano sem o Dosímetro, o que coloca em risco a saúde dos mesmos. O aparelho tem como objetivo medir a exposição dos profissionais a radiação, pois é composto de pastilhas sensíveis a radiação ionizante e permite avaliar se a dose de radiação está ou não abaixo dos níveis de restrição. Sua utilização é exigida para operadores de equipamentos emissores de radiação em instituições de saúde, bem como indústrias. 
O vereador revelou que, segundo informações, a prefeitura deixou de pagar o Conselho Nacional de Energia Nuclear e, por isso, o município não tem o aparelho. Ele lembra que a radiação causa câncer e o tecnólogo fica exposto sem o devido controle. Tony Carlos destaca ainda, que o profissional, além do risco a sua saúde, recebe R$ 570, ou seja, menos do que o salário mínimo.
“Quem trabalha na área radiológica tem propensão a estas doenças. O profissional que fica exposto à radiação corre o risco de contrair câncer. E se tem mecanismo de controle, que eles sejam usados. Peço que o prefeito revise esta situação, pois há um ano que o problema acontece”, finalizou.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020