Travessia de pedestres pela BR 050 preocupa vereadores
Professor Godoy e Jorge Ferreira avaliam a possibilidade de construir uma rotatória para minimizar o problema
Atendendo a solicitações de moradores, vereadores professor Carlos Godoy (PTB) e Jorge Ferreira (PMN) voltaram a cobrar providências em trecho da BR 050, em frente à Nativa ônibus e Caminhões, no Jardim Maracanã. O local de movimento intenso é ponto de travessia de moradores que querem deslocar-se, através da rodovia, da Rua Adail Gomes Ferreira, Jardim Maracanã, para a Rua Artur Collenghi, bairro São Cristóvão, e vice-versa.
Sem sinalização, semáforo ou passarela, pedestres chegam a ficar até 20 minutos parados aguardando momento seguro para atravessar a rodovia. E o perigo é ainda maior quando as mães precisam percorrer o trajeto para levar as crianças à escola. Para Mirian, levar a filha à creche tem sido um verdadeiro desafio todos os dias. “Tenho muito medo de atravessar a estrada com minha filha nos braços. Aqui já aconteceram acidentes fatais”, reclama. 
Empresários e trabalhadores de empresas no entorno também reforçam o pedido de solução para minimizar os riscos que os transeuntes correm diariamente. Segundo gerente de uma das fábricas da região, é preciso encontrar uma forma de proporcionar segurança aos trabalhadores que precisam atravessar a rodovia todos os dias. “O trajeto dos funcionários até o trabalho também é nossa responsabilidade. Por isso, pedimos a atenção das autoridades para que encontrem uma alternativa que nos deixe menos apreensivos”, reforça. 
Segundo Godoy, que não pela primeira vez levou a equipe da TV Câmara para registrar a demanda dos moradores das proximidades, já foram avaliadas algumas formas de resolver a questão. “Cogitou-se encontrar um meio de oferecer mais segurança na travessia de pedestres pelo subsolo, mas, após estudos, constatou-se que a estrutura seria inviável para o local. Por isso, pensamos em algo que seja feito no nível do solo, como uma rotatória, por exemplo”, sugere, acrescentando que, apesar de alguns discordarem do seu posicionamento, pode apontar rodovias nas quais a medida foi adotada com êxito.       
Para o petebista, da forma que está não pode continuar. “A impressão que dá é que os moradores do Jardim Maracanã estão ilhados”, salienta, ressaltando a dificuldade de acesso às áreas centrais. Também engajado na causa, vereador Jorge Ferreira atua na tentativa de buscar meios que atendam aos anseios dos moradores. “Ouvimos pedidos de radares, semáforos, quebra-molas, rotatória, trincheiras. Ainda é preciso estudar as possibilidades. O que sabemos é que a solução não pode demorar, pois, enquanto isso, muitas pessoas estão vivendo em iminente risco de sofrer algum acidente”, reforça. 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020