O vereador João Gilberto Ripposati encaminhou ao executivo requerimentos e indicações com pedidos para a antiga sede do Cemei Maria Eduarda Farnezi Cardoso, localizada na rua 26 no Residencial Nova Era,Ripposati pede ao setor competente estudos visando o aproveitamento do espaço que hoje está abandonado, ele apresentou algumas alternativas:entre elas a implantação de uma AISP (Área Integrada de Segurança Pública) e ou sede para a Polícia Rural, através de convênios/ parcerias com o Governo do estado de Minas Gerais; funcionamento de um PSF (Posto as Saúde da Família);cursos profissionalizantes e até uma divisão da Unidade de atendimento ao Idoso,  tendo em vista que esses são pedidos da população do Residencial e de bairros próximos. Segundo informações dos moradores da região, o espaço tem sido utilizado por vândalos, além do mato tomar conta do espaço, o que prejudica até quem passa pelas imediações. O vereador Ripposati comprovou o abandono do espaço, as portas e janelas foram arrancadas, as paredes estão pichadas, o mato ao redor da construção está alto, animais mortos e lixos são deixados no terreno, fato já denunciado pelo vereador no ano de 2014 quando o Cemei foi transferido para outro local, ficando desprotegido o patrimônio, favorecendo a ação de roubos. “Nós queremos que este espaço seja utilizado, já conversamos com o secretário Roberto Indaiá da Seds que é o responsável pelo terreno, apresentamos nossas ideias para a utilização da área e o quanto é importante que não continue assim, abandonado, por se tratar de um patrimônio público.

Além dos problemas rotineiros o mato que estava ao redor do terreno foi incendiado a poucos dias, provocando medo na vizinhança e problema com queimadas. O vereador esteve no local antes e depois do incidente e afirmou estar ainda mais preocupado, tendo em vista que vidas foram colocadas em risco. “Nós precisamos de uma definição urgente, por parte da prefeitura, por isso convidei o secretário para ir no local e ver de perto o problema. A rede física apresenta problemas de engenharia desde o ano de 2012 quando foi inaugurada, várias correções foram feitas pela prefeitura, no entanto os problemas continuam, tais como defeitos na estrutura do telhado e inundações na área interna” afirmou o vereador.

O secretário já realizou o trabalho de limpeza geral e anunciou que irá fazer a reforma do prédio e irá implantar o projeto “Estação jovem” em parceria do governo federal e prefeitura, cursos profissionalizantes/Feti/ Cras e a possibilidade de integrar sede da Polícia (AISP) Rural, destinando assim o uso permanente do imóvel.

Jorn. Pollyana Fonseca -Assessoria do vereador

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020