Foi realizada na última sexta-feira a Missa Solene de entrega das obras do Mosteiro Nossa Senhora da Glória, no bairro São Benedito. A celebração presidida pelo arcebispo de Uberaba, Dom Paulo Mendes Peixoto, contou com as presenças de diversos padres, monges, abades, freiras e noviças. Na ocasião a Câmara Municipal de Uberaba, através do vereador Rubério Santos(MDB) outorgou Homenagem Especial à instituição pelos 70 anos de fundação, comemorados no dia 8 de setembro.

Conforme a abadessa do Mosteiro, madre Escolástica Pimentel, além de troca do telhado, nivelamento do piso, colocação de sinos novos, também foram realizadas obras externas. Durante a solenidade o vereador lembrou que o telhado da abadia cedeu e após a realização de um grande leilão e quermesse, as irmãs conseguiram arrecadar os fundos suficientes para as obras de reconstrução.

Em seu pronunciamento Rubério Santos destacou que a homenagem é merecida em razão do trabalho social e de fé realizado pelas irmãs Beneditinas, especialmente de orar pelo próximo. “Temos que agradecer o fato dessas irmãs dobrarem os joelhos para rezar por nós, porque essa oração é necessária especialmente pelo país”, disse Rubério Santos.

A Obra Social São Bento, anexa ao Mosteiro  foi criada com o objetivo de prestar assistência espiritual e material  as famílias mais necessitadas de Uberaba . Em conjunto com o grupo de oblatos seculares, são realizados trabalhos artesanais  durante o ano todo como costuras, bordados, crochê, enxoval para recém-nascidos, etc. e durante o tempo do Advento, em preparação ao Natal,realiza-se uma exposição, onde a renda da venda destes os trabalhos é revertida em donativos para estas famílias.

Em 1948 as irmãs provindas do Mosteiro Nossa Senhora de Aaseblakken, na Dinamarca, que vieram para Uberaba acompanhadas por um monge de Beuron (Alemanha), Padre Wolfgang Czernin, que havia acompanhado durante vários anos, a formação beneditina da comunidade dinamarquesa.

Seu grande amor à Palavra de Deus, ao Ofício Divino, ao espírito de São Bento , o amor à liturgia das Horas,que  sempre celebrava com grande solenidade ainda hoje se fazem presente nas monjas que com grande zelo guardaram a tradição recebida pelos fundadores.

 

 

Jornalista Maria Cândida Sampaio

Assessoria do vereador Rubério Santos

08/09/18

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020