Mais uma vez os parlamentares utilizaram o plenário para chamar a atenção do Executivo para o compromisso com o pagamento das emendas parlamentares de 2012 e 2013. Os parlamentares querem uma posição da Prefeitura a respeito do não pagamento de algumas emendas, até o momento, pelo Executivo.

Durante a sessão legislativa desta segunda-feira (07), o vereador Franco Cartafina (PRB) foi quem deu o ponta pé inicial na discussão sobre o assunto. Segundo ele, as entidades estão cobrando dos vereadores essas verbas que até o momento não foram quitadas conforme combinado pelo Executivo. "Pedi um relatório na semana passada das minhas emendas que já deveriam ter sido pagas e obtive resposta que, até agora, somente uma entidade recebeu a verba prometida. Essas entidades prestam serviço à comunidade e precisam do dinheiro. Estou insatisfeito com o Executivo porque tenho sido muito cobrado".

O Presidente da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara, Afrânio Cardoso (PROS), lembrou que as emendas de 2012,que deveriam ter sido quitadas no ano passado, deveriam ser acertadas até 30 de junho desse ano e aquelas de 2013, até o final de 2014.  "As emendas de 2013 o governo se comprometeu apagá-las até 30 de dezembro. Aquelas que não foram pagas, e que são referentes a 2012, acredito que possam estar com documentação incompleta", ponderou,destacando que a emenda que beneficia a Associação dos Surdos não foi paga e a entidade passa por muita dificuldade atualmente.

Cléber Humberto Ramos (PROS) disseque pretende fazer uma reunião com todos os vereadores para discutir esse assunto. "Precisamos saber o real motivo para o não pagamento dessas emendas que já deveriam ter sido quitadas". Afrânio lembrou novamente o colega que Paulo Piau se comprometeu a pagar até o final do último mês e sugeriu a elaboração de um ofício, em nome de todos os parlamentares, solicitando a listadas emendas que já foram acertadas.

Paulo César Soares – China (SD) disseque os vereadores não estão pedindo nada em favor deles.  "Estamos é tentando ajudar instituições que prestam serviço social em Uberaba".

Em seu pronunciamento, Luiz Humberto Dutra (SD) ressaltou que esse assunto já vem sendo discutido há tempo pela Casa."Devemos ter seriedade e compostura na vida pública, temos que ter palavra.Fizemos compromisso com essas instituições. O pagamento é uma questão de vontade política, porque recurso tem" , e completou dizendo que espera que Paulo Piau cumpra o compromisso feito com os parlamentares.

Ismar Vicente dos Santos – Marão(PSB) ressaltou que tem emenda beneficiando o Sanatório Espírita de Uberaba,que está passando por muita dificuldade e corre o risco de fechar as portas. "Quero pedir ao Executivo o pagamento dessas emendas, porque ajudamos entidades sérias, aquelas que prestam bom serviço à comunidade. Essa verba pode evitar o fechamento de uma instituição". Ismar recebeu o apoio do vereador Marcelo Machado Borges – Borjão (DEM) que completou o discurso do colega ressaltando que o sanatório hoje precisa de uma atenção especial do município.

Denise Max (PR) também manifestou sua indignação com o Executivo citando os problemas enfrentados pela SUPRA.

 

 

Departamento de Comunicação 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020