Vereadores retiram recursos da LDO para instalação de parquímetro

Através de iniciativa do vereador Almir Silva, com o apoio dos demais vereadores, foi retirado hoje (05/07), a ação 5.800 da prefeitura na Lei de Diretrizes Orçamentárias, que disponibilizava R$ 7.998 para a instalação dos parquímetros na cidade. A negativa em não aceitar a ação no projeto, foi coerente com o discurso apresentado pela Casa, desde projeto do prefeito com este fim, que levou bomba em votação pelos vereadores. Além de defender a manutenção dos guardas mirins nas atividades, os legisladores lembraram ainda que a Câmara aprovou matéria proibindo a instalação dos parquímetros na cidade.
Tanto Almir, quanto os vereadores Tony Carlos e Lerin, destacaram a importância dos guardas mirins, lembrando que os três fizeram parte do Combem na época, atual Probem, e agradecem a isso, por chegarem onde estão. Também preocupado com esta questão o vereador João Gilberto Ripposati, salientou sua preocupação com a instalação do parquímetro e também questionou sobre a ausência de ações para as instituições comunitárias. O representante da PMU, assessor de orçamento, Evaldo Espíndola, garantiu a Ripposati que as instituições serão contempladas na LOA (Lei Orçamentária Anual). Sobre a ação do parquímetro, o vereador líder Cléber Cabeludo, em contato com o prefeito, acertou a retirada da ação, cedendo à manifestação do plenário.
O vereador Jorge Ferreira, presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, apresentou emenda, solicitação a alteração do duodécimo repassado a Câmara, de 5% para 6%. Segundo Evaldo, a emenda traria dificuldade, pois o duodécimo é calculado sobre o número de habitantes, e a alteração traria ilegalidade.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020