Vereadores se unem para reivindicar refeição

No sentido de sensibilizar o Executivo, para dar condições dos professores da rede municipal fazerem suas refeições nas escolas, visto que os mesmos foram proibidos, já que a verba federal se restringe a merenda escolar dos alunos, os vereadores de Uberaba, se uniram para reivindicar e apresentar uma proposta. Recentemente a empresa que fornece a alimentação na escola apresentou o preço de mais de R$ 4,00 por refeição para os professores. No entanto, devido aos baixos salários dos mesmos, o valor não foi aceito, gerando um impasse.
Com vista a buscar um valor aceitável, os vereadores pedem ao prefeito Anderson Adauto, que busque uma solução, juntamente com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e a Nutriplus, para fornecer, preferencialmente, refeições gratuitas mas, caso isso não seja possível, que as refeições sejam disponibilizadas no valor de R$ 1,15 a R$ 1,25, a ser descontado na folha de pagamento ou no vale-alimentação (ticket).
Eles lembram que os profissionais, além de não terem direito a alimentação nas escolas, não podem nem ao menos, preparar suas próprias refeições nas cozinhas. Os vereadores destacaram ainda, que a maioria dos educadores, atua em jornada dupla para garantir o sustento de suas famílias, muitas vezes utilizando o transporte público para irem a suas residências se alimentarem, o que onera ainda mais a despesa dos mesmos. O requerimento 0498 foi assinado por todos os vereadores que agora aguardam um pronunciamento de Anderson Adauto sobre o assunto.

 

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020