João Gilberto Ripposati (PSDB) solicitou ao prefeito Paulo Piau, após estudos técnicos, implantar faixas elevadas para a travessia de pedestres nos seguintes locais: rua João Dallacqua e av. Ramid Mauad, no conjunto Beija-Flor I;nos dois sentidos da av. Alexandre Barbosa, em frente ao Hospital Regional José de Alencar e na confluência com a rua Hermínio Pinti,Vila Celeste; em frente à Unidade Regional de Saúde Nídia Modesto Veludo, localizada na Praça Augusto Lemp, no bairro Mercês; na av. Leopoldino de Oliveira, em frente a Caixa Econômica Federal e na rua Mônica Machiyama, entre os nºs 1070 e 1080, no conjunto Alfredo Freire III. Afrânio Cardoso de Lara Resende(PROS) reivindicou a mesma benfeitoria para a rua Hélio Francisco Riccioppo, nas proximidades do Cemei Maria de Lourdes Vasques, Parque São José e na av. Reynaldo Boaretto, em frente a Igreja Nossa Senhora do Rosário, conj. Uberaba I. Marcelo Machado Borges (DEM) também solicitou a construção da faixa para pedestre para a rua Afonso Rato, próximo a Unidade Especializada Reabilitar, no bairro Mercês.

Para o vereador Ripposati, a faixa elevada, hoje regulamentada pelo Conselho Nacional de Trânsito, além de beneficiar o pedestre, é também uma maneira de conscientizar o motorista sobre a importância do respeito ao pedestre. "Essas faixas ajudam na educação dos motoristas e também dos pedestres para o uso devido da faixa. Queremos que, como passar do tempo, os motoristas de Uberaba parem em toda faixa de pedestre,dando preferência para a pessoa que irá atravessar a rua", argumentou o vereador.

Já o vereador Afrânio lembrou aos motoristas que o desrespeito ao pedestre, em locais que há faixas regulares, é considerado uma infração de trânsito, punida com sete pontos na carteira e multa de R$ 191,54, aumentando em caso de reincidência. "Porém, os pedestres que ignoram as faixas de segurança também estão sujeitos a punição,embora ainda de aplicação rara no país", alertou.

Borjão ressaltou que a passagem elevada possui dupla função: permitir a travessia de pessoas sem a necessidade de descer do nível dos passeios e obrigar os motoristas a reduzirem a velocidade dos veículos. "Temos um tráfego intenso nas vias citadas e a passagem de milhares de pessoas todos os dias, principalmente na av. Leopoldino de Oliveira, e a alternativa é a colocação da faixa elevada,método mais simples e inteligente", explica. Agora, segundo Borjão, é necessário orientar e lembrar motoristas, motociclistas e ciclistas que a existência da faixa elevada é, por si só, um indicativo preciso de quem tem a preferência. "Sempre que existir faixa elevada, a preferencial é indiscutivelmente do pedestre", destacou.

 

 

Departamento de Comunicação 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020