Borjão vai a Mairink para evitar fechamento
 do CAP Uberaba

O vereador Marcelo Machado Borges – Borjão esteve reunido com a chefe de Gabinete e primeira dama Ângela Mairink acompanhando representantes do CAP (Centro de Apoio Pedagógico para a Pessoa com Deficiência Visual) mantido pelo Estado de Minas Gerais, na Escola Alceu Novais. Ela determinou ao secretário de Educação, Marcos Bordon que faça um estudo técnico sobre essa possibilidade de parceria do Município com o Estado a fim de ampliar esse atendimento. Nova reunião deverá acontecer nos próximos dias para tratar do assunto.
Existe uma preocupação por parte dos funcionários com a criação de um novo CAP municipal e conseqüente transferência do que existe hoje para município da região que não tenham esse tipo de unidade.
Foi entregue à primeira dama um abaixo assinado com 41 nomes de funcionários. Nele é manifestada a preocupação e insatisfação com a possibilidade da criação do um novo CAP para o município, sendo que desde 1999 já existe unidade do Estado.
Inicialmente o CAP funcionou dentro do Instituto dos Cegos do Brasil Central, sendo que havia no local escola estadual anexa há 48 anos. Em  2006 essa entidade de ensino foi extinta, uma vez que o ICBC não teve mais interesse em renovar o contrato de aluguel com o Estado, pois aquela instituição pretendia abrir sua própria escola.
O CAP então deixou o ICBC e continuou funcionando na Av. General Osório,  e alguns meses  depois foi vinculado a Escola Estadual Professor Alceu Novaes. Atualmente o CAP oferece atendimentos especializados no que tange a deficiência visual  para 85 alunos, produz material adaptado (ampliado e em braille) para escolas de 234 municípios, além de capacitar profissionais que atendem pessoas com deficiência visual.
O CAP é institucionalizado pelo Ministério da Educação através da Secretaria de Educação Especial é resultado de um trabalho conjunto entre a SEESP e as entidades filiadas à União Brasileira de Cegos. Constitui-se em uma unidade de serviços de apoio pedagógico e suplementação didática ao sistema de ensino, com envolvimento de órgãos governamentais, não – governamentais e com a participação da comunidade.
O CAP é composto por quatro núcleos:
1 – Núcleo de Produção de material acessível: Braille, digital e ampliado
2 – Núcleo de Apoio Didático e Formação Docente:
Capacitação de docentes: Cursos, palestras, seminários, oficinas e grupos de estudo:
Suporte às escolas: Visita técnicas e grupo de estudos.
3 – Núcleo de Convivência:
Apoio a comunidade – Biblioteca virtual e brinquedoteca
Pesquisas em parceria com instituições de ensino superior: Alfabetização, estimulação infantil e estágio de profissionais de áreas afins;
3.1 – Núcleo de Convivência: Suporte técnico (informações, acessória técnica, visitas) para a inclusão social. Famílias e empresas.
4 – Núcleo de Tecnologia: Tecnologia ampliada a pessoa com deficiência – Produção de materiais adaptados; Orientações sobre tecnologia assistida; Produção de materiais informativos em interface com outros núcleos. Vídeos, cadernos e folders.
Segundo a assistente social Marcela Fagundes de Souza e a diretora da E.E. Alceu Novais, Regilene Aparecida da Silva de Vasconcelos a preocupação é no sentido de que já tendo vivenciado o fechamento de uma escola do Estado há pouco tempo,  por conta da abertura de uma outra escola no ICBC, existe a possibilidade real de que, havendo uma unidade encampada pelo município, o CAP estadual seja fechado, o que vai representar grande prejuízo para a comunidade uberabense.
“Uberaba tem hoje um orgão que funciona, presta serviços de qualidade, está estruturado dentro de uma escola que tem 680 alunos, recebe recursos regularmente, não tem problemas legais. Ou seja, é mexer com um time que está granhando!”, ressaltou o vereador Marcelo Borjão.
A proposta apresentada pelos participantes da reunião ao Município é que, aproveitando a estrutura já montada, amplie os atendimento, faça uma parceria com o Estado e preste um serviço ainda melhor do que vem sendo executado hoje. “Temos de somar e não dividir. Temos de ser inteligentes e sensíveis para perceber que o principal objetivo é  a pessoa com necessidades especiais, que só tem a ganhar com esse convênio”, disse Borjão.  

Jornalista Maria Cândida Sampaio
Assessoria do vereador Marcelo Machado Borges – Borjão

 

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020