Câmara comemora o Dia do Desemboque

Povoamento de Uberaba começou há 204 anos

 O Dia do Desemboque será comemorado nesta quarta-feira (27) pela Câmara Municipal de Uberaba, com homenagem especial durante sessão ordinária, a partir das 14h. Um documentário sobre o Desemboque, produzido pelo Legislativo de Sacramento, no ano passado, será mostrado. O prefeito Anderson Adauto (PMDB) e o presidente da Câmara de Sacramento (MG), José Maria Sobrinho (PR), devem participar do evento.  
 Há 204 anos, em 27 de abril de 1807, iniciou-se o povoamento de Uberaba. As primeiras casas de madeira foram erguidas próximo à nascente do ribeirão Lageado dos Ribeiro, em terras do sesmeiro e rábula José Francisco Azevedo, oriundo do julgado do Desemboque. O lugar tornou-se conhecido como arraial do Lageado ou arraial da Capelinha, onde havia altares com Santo Antônio e com São Sebastião. 
 Será o primeiro ano de comemoração da data, a partir da resolução número 146/2010, de 3 de setembro de 2010, proposta pelo vereador José Severino (PT), a fim de manter viva a origem do povoamento do município. O objetivo do parlamentar é destacar o início da civilização e de aprofundar o resgate histórico regional. Ao nominar a data o petista buscou ressaltar a descendência de Uberaba, considerada “filha” de Desemboque, atualmente distrito de Sacramento, a cerca de 125km, próximo do Parque Nacional da Canastra. Severino nasceu na região do Desemboque, na localidade de Jaguarinha, e o prefeito Anderson, no Bananal. Integram também aquele distrito de Sacramento as vilas de Quenta Sol e de Sete Voltas.   
 O lugar onde começou Uberaba ficou conhecido como Marco do Lageado ou Marco do Centenário por ter sido fincado ali, em 22 de fevereiro de 1936, o monumento comemorativo dos 100 anos de elevação do arraial de Santo Antônio e de São Sebastião à condição de vila. O local ficou abandonado até 1981, quando memorialistas reencontraram o obelisco. As placas com a descrição sobre a importância do lugar e a da data comemorativa desapareceram, além de ter ocorrido soterramento de parte do mausoléu.
 O monumento localiza-se na Fazenda Lageado, de Keila Adriana Manzan. O pai dela, Lorival Dias Silva, o “Negrinho”, reside na propriedade e autorizou sua revitalização. O vereador reivindicou ao prefeito que o entorno do obelisco seja cercado e calçado, a fim de resguardá-lo. Com o objetivo de divulgar e facilitar o acesso ao monumento, o parlamentar propôs também que seja determinada a fixação de placas indicativas às margens da rodovia MG-190, nos dois sentidos, e nas estradas vicinais até o local. Para se chegar ao marco, toma-se aquela estrada no sentido Uberaba-Nova Ponte, após 6km, ao avistar à esquerda a fazenda  Botinas 4S, vira-se à direita para acessar uma estrada vicinal. Depois de passar pelo primeiro mata-burro pega-se uma entrada à direita e caminha-se cerca de 6,5km para chegar ao local onde está o Marco do Lageado.    
 Origem do Desemboque
 O distrito de Desemboque é o berço da civilização do Triângulo Mineiro. No início do século 19, cerca de duas mil pessoas residiam no julgado, que era o lugar mais importante do Oeste de Minas e do Sul de Goiás. Cem arrobas de ouro foram retiradas de suas minas, decadentes por volta de 1810. Havia no lugarejo vereadores, juiz e cartório. Atualmente, cerca 50 pessoas moram na vila.  
 A preservação das igrejas matriz de Nossa Senhora do Desterro (1743) e de Nossa Senhora do Rosário (1762), de suas imagens e móveis pelo Iepha-MG (Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico) de Minas Gerais foi um passo importante, em 1984, por meio do decreto legislativo número 23.810, requerido pelo deputado Samir Cecílio (PMDB) e assinado pelo governador Tancredo Neves (PMDB) e pelo secretário de Cultura, José Aparecido de Oliveira.
 Em consequência, a Prefeitura de Sacramento em parceria com o Iepha restauraram, em 1995, as imagens de Nossa Senhora do Desterro e de Nossa Senhora do Rosário, avaliadas em R$ 200 mil cada. Na década de 1970, elas foram furtadas e recuperadas em São João Del Rei (MG). Atualmente, as representações religiosas estão na igreja matriz de Sacramento.  
 A Câmara de Sacramento, por iniciativa do seu então presidente, o professor e memorialista Carlos Alberto Cerchi (PT) criou o Dia do Desemboque, comemorado, anualmente, em 24 de abril. A primeira festividade foi realizada no ano passado, na cidade. Neste ano, a celebração ocorreu em Desemboque. O nascimento, em 1783, do Cônego Hermógenes Cassimiro de Araújo Bruonswik, principal celebridade da história de Desemboque, foi a referência para a fixação dessa data.

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020