Cléber quer aumento para integrantes do Projeto Varrição Social
O vereador Cléber Humberto de Sousa Ramos – Cléber Cabeludo (PMDB) criticou no Plenário da Câmara Municipal o valor pago pelo município aos integrantes do Projeto Varrição Social, através do qual recebem o Vale Cidadania. Os voluntários participantes do Projeto varrem as ruas de 70 bairros da cidade três vezes por semana, durante meio período.
Cléber está enviando ao Poder Executivo o Requerimento número 396, solicitando que o valor pago aos varredores de rua passe para meio salário mínimo. Atualmente os participantes recebem R$ 224, valor aprovado pela Câmara em junho deste ano e que pode ser utilizado em compras de supermercado. Segundo o vereador, ele fez um levantamento sobre quanto custa um servidor que recebe um salário mínimo, com encargos e vale-alimentação, ficando o gasto em cerca de R$ 1,2 mil.
Na sua avaliação não é correto estas pessoas (os varredores) receberem um valor tão pequeno, sem direito a mais nada. O parlamentar destacou, ainda, que são mais de 300 pessoas que prestam este serviço na cidade.
O vereador Paulo César Soares – China também apoiou a iniciativa e disse que não concorda com o valor pago a estas pessoas tão simples e que trabalham muito, apesar de ser apenas três vezes por semana. O Requerimento também contou com o apoio do vereador Edmilson de Paula.
Demora – Ainda durante seu pronunciamento, Cléber Cabeludo demonstrou preocupação com o fato de que as obras do Hospital Regional demorem mais um ano para serem concluídas. O representante da CMU lembrou que recentemente o secretário estadual da Saúde disse durante visita a cidade, que o HR pode funcionar parcialmente. Inclusive o secretário sugeriu uma parceria com o Hospital de Clínicas, com o objetivo de desafogar os atendimentos naquele pronto socorro.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020