Para fazer uma Moção de Aplausos a vereadora já solicitou, inclusive, mudança no Regimento Interno da CMU
A vereadora Denise Max (PR) quer "homenagear" os "cães policiais", que trabalham nos canis do 4º Batalhão de Polícia Militar e no 8º Batalhão do Corpo de Bombeiros. Ao falar sobre o assunto no Plenário da Câmara Municipal, a parlamentar também criticou o fato de que o Regimento Interno da Casa não permite a presença de animais no local.
Para Denise, estes cães são verdadeiros heróis de quatro patas. Ela cumprimentou os responsáveis pelos canis pelo brilhante trabalho realizado no município, principalmente no que diz respeito ao combate ao tráfico de drogas. "Estes animais são soldados e pelo que eles fazem para a população, é inadmissível não poderem entrar na Casa", afirmou. Ela destacou que Uberaba é a única cidade do Estado a contar com um canil do Corpo de Bombeiros. 
A parlamentar apresentou dois Requerimentos para o envio de Cumprimentos de Congratulações. O primeiro é dedicado ao Grupo de Busca e Salvamento com Cães, do 8º BBM, através do 2ºsargento Willian Aparecido da Costa, 3º sargento Thales Marcelo Rufino, soldados Ítalo José Ribeiro da Cunha, Vinicius Barros Reis, Eduardo Luiz Domingos e Leonardo de Freitas Borges França, além do comandante da unidade, major Alexandre Casarin. Atualmente eles contam com um cão operativo, chamado Luck e três em treinamento, Angel, Aruk e Santa. 
Denise destacou a importância do trabalho realizado pelo canil, chegando a citar alguns casos ocorridos este ano. No dia 29 de março os cães aturaram nas buscas por uma pessoa desaparecida na área rural do município de Bonfinópolis, (área de atuação de Pirapora/MG), assim como na área rural de Dores do Indaiá no dia 25 do mesmo mês, sendo que a vítima foi encontrada a cerca de 60 quilômetros rio abaixo (rio São Francisco). Outro caso que teve grande repercussão, ocorrido no dia 17 de fevereiro, foram as buscas pelos bebês gêmeos de Uberaba assassinados na cidade de Aramina, no Estado de São Paulo. 
Conforme lembrou a vereadora, a atuação do canil não está restrita somente a Uberaba, uma vez que o Batalhão atende diretamente grande parte do Triângulo Mineiro. Além disso, a equipe pode dar apoio a outros estados, em ocorrências como nos fatos ocorridos no Rio de Janeiro, com os deslizamentos de terra, e os terremotos no Haiti. 
O vereador Franco Cartafina (PRB) parabenizou Denise pela fala, destacando que estes animais são usados de forma brilhante. "Sem eles talvez muitas vidas não teriam sido salvas e muitas drogas apreendidas", acrescentou. Para Franco, os cães fazem diferença para o ser humano, não apenas como companheiros, mas também como verdadeiros heróis de quatro patas. 
Rocca – No caso da Polícia Militar, os cumprimentos são enviados ao Pelotão Canil da 5ª Companhia de Missões Especiais (Mesp), Grupamento Rocca (Rondas Ostensivas com Cães Adestrados), através do comandante, major Wesley Rodrigues Rosa, do comandante do Canil, 1º sargento Wellington Rosa Lima, 3º sargentos David Gutenberg de Oliveira, Breno César Costa e 3º Márcio José Pereira, cabos Diego Fabiano de Oliveira, Regedeltre Martins Henrique, Fernando Augusto dos Santos, Lucas Francisco Rodrigues, Thiago Freitas dos Santo, Willian da Silva Duarte e Luís Carlos Manfrin Júnior.
Assim como ocorre com os bombeiros, são inúmeras as ocorrências em que os cães são empenhados, inclusive em várias apreensões de drogas e captura de suspeitos. Apenas no período de agosto a dezembro de 2014 a atuação da cadela Lupa proporcionou a prisão de seis traficantes. A equipe da Rocca trabalha com dois cães na viatura, que são utilizados em patrulhamento, captura ou entorpecentes, dependendo da ocorrência. 
Moção de aplausos – Denise quer realizar, também, uma Moção de Aplausos para os profissionais que trabalham com os cães nas duas corporações. Mas para que isto aconteça e os animais estejam presentes, será preciso mudar o Regimento Interno da CMU.
A vereadora já entrou com um pedido para fazer Projeto de Resolução neste sentido. Ela justifica a solicitação, explicando que quer ampliar o rol em que se pode conferir a Moção de Aplausos, pois embora a atual redação não exija risco real de morte do agente a ser homenageado, é uma prática do Legislativo o exigir, restringindo as possibilidades a casos extremos, como troca de tiros, incêndios maiores, dentre outros. 
"Além disto, a Moção não abarca instituições privadas ou públicas, nem os animais, que salvam vidas, e que colocam suas vidas em risco, juntamente com a dos seus responsáveis", afirmou Denise. Ela disse que também pretende estender a homenagem àqueles que combatem as drogas, a violência contra as mulheres e crianças, independente de ser física, psicológica ou sexual.
Jorn. Hedi Lamar Marques
Departamento de Comunicação CMU
04/05/2015

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020