Luiz Neto assegura , ainda, que obra do Água Viva será concluída no fim do ano na Santos Dumont e seguirá para a etapa final na Santa Beatriz
Sabem aquelas fissuras, aquelas diferenças avolumadas ou rebaixadas nos pavimentos após recortes promovidos nas vias por equipes do Codau e que geram tantas reclamações, especialmente de motoristas, além de deixarem um aspecto nada estético? O presidente do Codau, Luiz Guaritá Neto, provocado pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Luiz Humberto Dutra, garante que medidas já foram adotadas para pôr fim a esta situação.
Acionado por populares e depois de constatar o sem número de deficiências nas vias, Dutra esteve com Guaritá na tarde de quarta-feira. Apresentou fotos e vídeos que atestam o fundamento das reclamações. 
Conforme Luiz Neto, o trabalho de requadramento foi terceirizado e o Codau exigiu utilização de equipamento de ponta para recorte e compactação. Assim, afirma que 95% dos "remendos" recentes já estão sendo feitos nesta modalidade e mantendo a uniformidade das pistas.
Vazamentos. Sobre as reclamações, demonstradas por Dutra, quando ao espaço de tempo entre a abertura para reparos e a repavimentação, o presidente da empresa explicou que para a qualidade do serviço a área deve estar completamente seca, assim, pede paciência da população para esperar o local do vazamento consertado estar completamente seco para ser recompactado. "O reparo não pode ser feito no mesmo dia, o ideal seria uma semana sem chuvas", explicou. 
Luiz Neto observou ainda que as reclamações de vazamentos que demoravam até três meses para serem atendidas, agora levam apenas três dias de espera. E assegurou a Dutra que no dia da reunião (quarta,20) não havia nenhum vazamento na cidade, fruto da implantação de  nova logística de atendimento, que reflete diretamente no resultado operacional e na produtividade. 
Paralelepípedos.  Outra demanda apresentada por Dutra diz respeito aos paralelepípedos. Observa que em ruas calçadas, sempre que há a intervenção do Codau ficam os prejuízos às vias, como na Avenida Presidente Vargas, no centro, e no acesso ao bairro Abadia pela Avenida Tenente Venceslau. Luiz Neto acena para a dificuldade de levantar mão de obra. Diz que sumiu do mercado a figura do calceteiro e que todos os reparos do gênero são feitos por apenas três profissionais.
Água Viva. Na reunião, o presidente da Câmara também quis saber sobre o Água Viva, especialmente no que diz respeito à liberação da Avenida Santos Dumont. A resposta foi que até o fim deste ano se encerram os trabalhos na Santos Dumont e segue para trecho da Avenida Santa Beatriz.
Luiz Neto observou que o projeto vem de quatro Administrações: começou com o último mandato de Marcos Montes que foi quem apresentou a proposta, passou pelos dois governos de Anderson Adauto, mas em sua "maior parte foi executado pelo prefeito Paulo Piau", inclusive no que diz respeito à imprescindível microdrenagem que foi feita em todas as transversais por onde passa o projeto. 
Hipercentro. Embora tenha consciência de tratar-se de um projeto de longo prazo, Dutra tem a convicção de que faz-se necessário replanejar o centro da cidade. "A hora da execução não é agora, haja vista que o centro já vem sendo  judiado  demais, especialmente o comércio, e não agüenta mais grandes obras por agora. No entanto,  é preciso sentar para planejar, projetar melhorias, como pensar em rede subterrânea para cabeamentos energia elétrica, telefonia, transmissão de dados, Tvs, etc", afirma. 
Luiz Neto concorda e diz que além de tudo trata-se de, apesar da importância e necessidade, de obra muito cara. Diz, por exemplo que 19,7 quilômetros de área central ainda mantém  tubulação muito antiga de água, parte ainda em amianto. Informa, ainda, que pré-projeto enviado ao Banco Mundial tem orçamento necessário estimado em R$ 80 milhões. 
"Temos que preparar Uberaba para o século XXII. É preciso que cada um, realmente faça, e faça bem feita, a sua parte para uma Uberaba grandiosa", encerrou Luiz Dutra. Participaram também da reunião os engenheiros Olavo Resende Júnior e Luiz Antônio Molinar. 
Jorn. Gê Alves
Departamento de Comunicação
21/05/15

SIGA A CÂMARA

  • (34) 3318-1700

    Praça Rui Barbosa, 250 - Centro

    CEP.: 38010-240

    Uberaba - MG

  • FACEBOOK

    Acesse nossa página no Facebook, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • YOUTUBE

    Acesse nosso canal no YouTube, acompanhe o dia-a-dia e as notícias de última hora, interaja e participe.

  • FLICKR

    Baixe as fotos do dia-a-dia da Câmara Municipal de Uberaba no Flickr oficial

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020