G9 entrega aos vereadores lista com metas para o desenvolvimento da cidade
O presidente da Câmara defendeu a parceria com o G9 em todos os assuntos que possam trazer benefícios para a cidade
Uma lista com diretrizes e possíveis ações em prol do desenvolvimento da cidade, chamada de Agenda 2016, foi entregue aos 14 vereadores da Câmara Municipal de Uberaba por integrantes do grupo chamado G9. Nagib Facure, Roberto Veludo e Orlando Silva fizeram uma visita de cortesia durante a reunião plenária desta terça-feira (2).
O G9 é formado por nove entidades patronais, sendo Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon), Associação Comercial e Industrial de Uberaba (Aciu), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sociedade de Medicina, Instituto de Engenharia e Arquitetura do Triângulo Mineiro (IEATM), Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Sindicato Rural, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Centro das Indústrias do Vale do Rio Grande (Cigra). 
A agenda apresentada aos vereadores tem como parâmetro que o setor público não pode ser apontado como o único agente de transformação da sociedade, e que mais que o crescimento, a cidade deve optar pelo desenvolvimento. Entre os temas abordados estão: economia, gestão e tributos, infraestrutura, saúde, segurança, transportes, educação e turismo.
Os vereadores aprovaram a iniciativa, mas também aproveitaram para fazer reivindicações, como o vereador Marcelo Machado Borges – Borjão (DEM), que aproveitou para cobrar mais apoio do G9 em assuntos de interesse da Câmara e da sociedade.
O vereador Edcarlo dos Santos Carneiro – Kaká Se Liga (PSL) lembrou que a participação do G9 nos últimos anos contribuiu muito para o desenvolvimento da cidade. Já Samir Cecílio (PR), que faz parte do grupo pela CDL, explicou que o G9 é um grupo não governamental, que funciona como um foro de debates, onde os integrantes se reúnem de forma voluntária e periódica. A presidência é rotativa, sendo que a cada seis meses um representante de uma das entidades assume o posto. Ainda de acordo com o vereador, todas as questões inerentes ao desenvolvimento da cidade passam pelo G9, que tem dado importantes contribuições para o desenvolvimento sócio-econômico de Uberaba.
Para João Gilberto Ripposati (PSDB), os integrantes do G9 são parceiros. Ele destacou que é preciso pensar no futuro, e que o meio ambiente hoje é um excelente negócio. Segundo Ripposati, é necessário criar o Distrito dos Recicláveis, citando como exemplo o fato da cidade receber pets da cidade de Janaúba, para ser processado. Além disso, conforme disse o vereador, estamos perdendo mercado para outras cidades, como Uberlândia e Araguari, no que diz respeito ao escoamento de produção. “Eu acredito que a cidade ganha somando forças”, afirmou o vereador tucano.
Antônio Carlos Silva Nunes – Tony Carlos (PMDB) se lembrou de várias antigas empresas e fábricas da cidade que já fecharam as portas. Defensor ferrenho do desenvolvimento da cidade, o vereador acredita que o G9 funciona como um estímulo para os homens públicos, como os vereadores. Ele cumprimentou os integrantes do grupo e disse que o importante é o momento, em que todos estão precisando ter uma injeção de ânimo. Tony avaliou que a cidade está feia, sem opções de lazer, com obras mal executadas. 
O peemedebista afirmou ter ficado na expectativa, após analisar as propostas apresentadas pelo G9. “Eu sou um visionário, nasci em Uberaba, esta é minha terra e quero ver seu desenvolvimento. É isso que precisamos, mudar Uberaba, deixá-la mais bonita”, finalizou.
Quanto ao vereador Luiz Dutra (PDT), sugeriu várias melhorias, como construir novas sedes para a rodoviária, a própria Câmara, além de melhorar as malhas viárias, implantar uma zona de exportação, duplicação da BR-262, entre outros.
O presidente Elmar Goulart (PSL) destacou a importância da visita, inclusive pelas abordagens realizadas pelos vereadores, e aproveitou para pedir o empenho do G9 para resolver a questão dos voos, pois acha uma vergonha uberabenses e visitantes terem que viajar para Uberlândia ou Ribeirão Preto para embarcar. O chefe do Legislativo defendeu a parceria com o G9, não apenas neste assunto, mas em todos que possam trazer benefícios para a cidade.
Outro aspecto abordado por Elmar é sua preocupação com as farmácias. Segundo ele, muitas vão fechar por causa da obrigatoriedade de ter três farmacêuticos, sem falar em inúmeras exigências da Anvisa, que precisam ser questionadas e revistas, como exigir receita para compra de pomada e colírio. Pensando nisso, o presidente disse que pretende, inclusive, fazer uma audiência pública entre as representantes das farmácias para discutir o assunto. 
Já o vereador Cléber Humberto Souza Ramos – Cléber Cabeludo (PMDB), acredita que com o apoio do G9 a cidade vai caminhar a passos largos. Ele afirmou querer trabalhar junto e colocou o mandato à disposição do grupo, “se trabalharmos em conjunto temos condições de fazer muitas coisas para a cidade”, avaliou Cléber.

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020