Mesmo com três votos contrários, a Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei Complementar que reduz o prazo para a exumação de corpos nos cemitérios do Município. Com a mudança, a exumação passa de cinco para quatro anos para adultos e três anos para crianças. O vereador argumentou que o objetivo era se adequar ao prazo já praticado nos grandes centros.

De acordo com Rubério, a medida visa disponibilizar à população um tempo mais curto para o uso das sepulturas familiares e, até mesmo, aumentar o número de lápides disponíveis, uma vez que os dois cemitérios da cidade já estão superlotados.

O vereador Almir Silva mais uma vez se posicionou contra o projeto, assim como o presidente Ismar Marão que, apesar de não votar, afirmou ser contrário a proposta. Eles lembraram que o médico legista Romeu Norte Pereira, com décadas de experiência, esteve no Plenário e explicou que em determinados casos a decomposição do corpo pode demorar mais que o período proposto.

“Você não mexe com os sentimentos das pessoas, temos coisas mais importantes para fazer”, afirmou Almir. Para o vereador Alan Carlos da Silva, a forma como a pessoa faleceu pode demandar um período maior. “É um tema muito polêmico, é preciso considerar todos os fatores e discutir mais sobre ele”, afirmou.

O projeto foi aprovado com nove votos a favor e três contrários, dos vereadores Alan Carlos, Almir Silva e Denise da Supra.

Jorn. Hedi Lamar Marques
departamento de Comunicação CMU

18/03/2020

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020