Preocupado com a chegada do período do ano em que o vírus do H1N1 afeta a população como um todo, o vereador Rubério Santos teve requerimento aprovado hoje solicitando à Prefeitura que seja realizada, desde já, uma campanha de saúde de prevenção à gripe,  com fornecimento, em especial, de álcool gel nas repartições públicas, além da fixação de cartazes informativos com as formas de evitar a doença.

 

Apesar de terem sido desmentidos pela Secretaria Municipal de Saúde os boatos de que já haveria uma infestação, com mortes pela doença, o vereador considera que quanto antes forem tomadas as medidas preventivas, mais protegida estará a população.

 

Rubério Santos lembra que o vírus Influenza A (H1N1), que ficou amplamente conhecido após a pandemia de 2009, possui genes do vírus Influenza A humano, suíno e aviário e, desencadeia um quadro de gripe mais grave quando comparado com os outros tipos, necessitando, portanto, de uma prevenção eficaz.

 

Os principais sintomas da gripe H1N1 são: febre alta, dores musculares, dores de garganta e de cabeça, prostração e tosse seca. Em alguns pacientes podem ocorrer complicações, como bronquite, sinusite, pneumonia, além de problemas extrapulmonares, podendo chegar inclusive ao óbito.

 

A vacinação é a forma mais eficiente de proteção contra a gripe. O vereador Rubério Santos destacou em seu pronunciamento em plenário hoje que a campanha de vacinação contra a gripe, que seria realizada a partir de 16 de abril, foi adiada para o dia 26. Embora os municípios estejam adiando a data da campanha, o Ministério da Saúde afirma que não há prazo fechado para o início da vacinação, que ainda será anunciada. No ano passado, a vacinação contra a gripe começou no dia 17 de abril.

 

Entre as principais ações que devem ser feitas para evitar a contaminação pelo vírus Influenza estão: lavar sempre as mãos, principalmente após tossir e espirrar. Para lavar a mão, deve-se utilizar água e sabão ou, ainda, álcool 70%. Para utilizar o álcool, é importante não estar com as mãos visivelmente sujas; utilizar lenços descartáveis; deixar o ambiente sempre ventilado; cobrir boca e nariz sempre que espirrar ou tossir; não compartilhar objetos de uso pessoal, como garrafas, copos e talheres, dentre outros.

 

Jornalista Maria Cândida Sampaio

Assessoria do vereador Rubério Santos – 10/04/18

CÂMARA MUNICIPAL DE UBERABA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2020